???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/tede/426
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Caracterização física e química de folhas, frutos e sementes do bajuru (Chrysobanalus icaco, l.) e avaliação do chá dessas folhas em camundongos (swiss) normais e diabéticos
Other Titles: Physical and chemical characteristics of leaves, fruits and seeds of bajuru (Chrysobanalus icaco, L.) and evaluation of these tea leaves in mice (swiss) normal and diabetic
???metadata.dc.creator???: AGUIAR, Thais Medeiros de 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Srur, Armando Ubirajara Oliveira Sabaa
???metadata.dc.description.resumo???: As frutas nativas representam importantes recursos na alimentação de populações. Muitas delas como o bajuru carecem de informações técnico-científicas que apóiem a extração e o desenvolvimento sustentável dessas espécies nas regiões produtoras. O bajuru pertence a família chrysobalanaceae e é encontrado em áreas de restinga. A medicina popular credita ao chá dessas folhas um potente efeito hipoglicemiante. Porém, o consumo do fruto é pequeno nas regiões e não existem relatos sobre a utilização das sementes. A escassez de informações e a falta de comprovações do efeito hipoglicêmico motivou a realização deste trabalho que teve por objetivo determinar as características físicas e químicas das folhas, frutos, sementes e óleo das sementes, além de avaliar o efeito do chá em camundongos (swiss) normais e diabéticos. As determinações analíticas revelaram que 100g dos frutos contêm alto teor de umidade (84,40g±0,15g), baixa acidez, baixo de teor de proteínas (0,68±0,01g), lipídios (0,85±0,07g), baixo valor calórico (64,09Kcal) e perfil de aminoácidos e ácidos graxos sem relevância. Porém contem quantidades interessantes de minerais como cálcio (289,30mg), ferro (12,60mg), cobre (1870,0μg), cromo (890,00μg) e selênio (59,00μg). As sementes apresentaram em 100g baixo teor de umidade (22,46±0,03g) e alta concentração de lipídios (45,50±0,10g) e calorias (532,90Kcal). Seu óleo apresentou boa concentração de ácidos graxos insaturados, densidade de 0,9278, índice de acidez de 1,86±0,62mgKOH. g-1, índice de peróxido igual a 3,81 mEq kg-1, índice de iodo de 107,11 gI2 100g-1 e saponificação igual a 180 mgKOH. g-1. Além de conteúdo de gordura sólida à 10ºC igual a 33,60% com curva apresentando caimento suave onde a 45ºC já não é mais observada gordura no estado sólido. As folhas que foram desidratadas para realização das análises apresentaram em 100g umidade igual a (10,46±0,27g), teor de proteínas igual a (10,53±0,14g) e teor condizente com plantas medicinais para cinzas (4,61±0,13). As análises microbiológicas indicaram que o procedimento realizado pelos usuários para a coleta e higienização não eliminavam o risco de contaminação, sendo ela reduzida quando as folhas foram tratadas com 0,01ppm de metabissulfito de sódio antes do processo de desidratação. Os chás nas concentrações de 2,5% e 5% ofertados ad libitum revelaram redução importante nos valores de glicemia em animais diabéticos, com redução maior conforme aumento de concentração, sem causar alteração nos animais normais. Os animais diabéticos apresentaram sintomas típicos do diabetes como perda de peso, alteração na pelagem, alteração na cicatrização. Em adição, o estado de diabetes o consumo do chá não causaram alteração do peso e tamanho do coração, rim direito e fígado. Os resultados sugerem o uso do fruto como boa fonte de minerais antioxidantes, além de proporcionar maior conhecimento sobre seu valor nutricional o que contribui para sua inserção na dieta tradicional, bem como, motiva a comercialização e manufatura de produtos a base do bajuru. O óleo da semente de bajuru revelou-se como uma fonte promissora de pesquisas, visto que as análises realizadas indicaram a possibilidade da utilização desse óleo na alimentação, podendo ser aplicado na formulação de diversos produtos. O chá de abajeru nas concentrações aplicadas mostraram efeitos benéficos no controle e prevenção da hiperglicemia em animais diabéticos.
Abstract: The native fruits represent important resources in the feeding of populations. Many of them as abajeru lack of technician-scientific information that support the extration and the sustainable development of these species in the producing regions. The cocoplum is owned by chrysobalanaceae family and its founs in areas of sandbank.Folk medicine credits the tea leaves of a potent hypoglycemic effect. However, the consumption of fruit is small and there are no reports on the use of seeds.The scarcity of information the lack of evidences of the hypoglycemic effect motivated the accomplishment of this work that had for objective to determine the physical and chemical characteristics of leaves, fruits seeds and oil seeds beyond evaluating the effect of the tea in mice (swiss) normal and diabetic. The analytical determinations revealed that 100g of fruits contains high text of humidity (84.40 g ± 0.15 g), low acidity, low protein content (0.68 ± 0.01 g) and lipids (0.85 ± 0.07 g), low caloric value (64,09kcal) and profile of amino acids and faty acids irrelevants.It also contains interesting amounts of minerals such as calcium (289.30 mg), iron (12.60 mg), copper (1870.0 mg), chromium (890.00 mg) and selenium (59.00 g).The seeds presented in 100g low text of humidity (22,46±0,03) and high concentration of lipidss (45,50±0,10) and calories (532,90Kcal). Its oil had similar proportion of saturated and unsaturated, density of 0.9278, acid value of 1,86±0,62mgKOH. g-1, peroxide value equal to 3.81 mEq kg-1, iodine index of 107 11 gI2 100g-1 and saponification equal to 180 mgKOH. g-1. In addition to solid fat content at 10 ° C equal to 33.60% with soft trim curve showing where the 45 º C is no longer observed in solid fat. The leaves were dried to complete the analysis presented in 100g moisture equal to (10.46 ± 0.27 g), and content consistent with herbal protein (10.53 ± 0.14 g) and ash (4.61 ± 0.13). The microbiological analyses had indicated that the procedure carried through for the users for the collection and hygienic cleaning did not eliminate the contamination risk, having been reduced it when the leves had been dealt with 0,01ppm of metabissulfito of sodium before the dehydration process. The tea at 2,5% and 5% ad libitum showed significant reduction in blood glucose levels in diabetic animals with a bigger reduction as increase of concentration, without causing alteration in normal animals. The diabetic animals showed typical symptoms of diabetes such as weight loss, change in coat ande change in healing. In addition, the state of diabetes tea comsumption did not cause any change in weight and size of heart, right kidney and liver. The results suggest the use of the fruit as good source of antioxidant minerals, beyond provinding to greater knowlegde about their nutritional value with contribuites for its insertion in the tradiotional diet, as well as, motivates the commercialization and manufacture of products made of coco plum. The seed oil coco-plum turned out to be a pormising source of research, since the analisys further indicated the possibility of using this oil in food, can be aplied in the formulation of various products. The tea leaves coco-plum applied in concentrations shown beneficial effects in the control and prevention of hyperglycemia in diabetic animals.
Keywords: cocoplum
diabetes
oils seeds.
abajeru
diabetes
sementes oleaginosas.
???metadata.dc.subject.cnpq???: Agronomia
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Tecnologia
???metadata.dc.publisher.program???: Curso de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos
Citation: AGUIAR, Thais Medeiros de. Caracterização física e química de folhas, frutos e sementes do bajuru (Chrysobanalus icaco, l.) e avaliação do chá dessas folhas em camundongos (swiss) normais e diabéticos. 2010. 102 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias). Instituto de Tecnologia, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, 2010.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/tede/426
Issue Date: 5-Mar-2010
Appears in Collections:MESTRADO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010 - Thais Medeiros de Aguiar.pdfDocumento principal4.31 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.