???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/tede/158
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: O desafio da leitura na Escola Agrotécnica Federal de Sertão/RS
???metadata.dc.creator???: Scariot, Ivete 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Sanchez, Sandra Barros
???metadata.dc.description.resumo???: A presente pesquisa teve como objetivo investigar e avaliar o interesse pela leitura de uma turma de alunos, que ingressou na Escola Agrotécnica Federal de Sertão no ano de 2008, para cursar o Técnico em Agropecuária concomitante ao Ensino Médio, bem como, averiguar a importância que os pais e professores desses alunos atribuem à leitura e que mecanismos utilizam para incentivá-la. A pesquisa iniciou com uma revisão da literatura sobre a educação nos aspectos sociais, políticos e econômicos ao longo da história, seguindo com as políticas educacionais e o ensino profissionalizante, onde situamos a Escola Agrotécnica Federal de Sertão, com uma tradição de 52 anos na formação de técnicos agrícolas. Abordou-se, também, a história da leitura, seu caráter social e político, bem como a leitura utilizada de forma interdisciplinar pelo corpo docente e a sua importância como ferramenta de aquisição de conhecimentos na educação profissional. Com a aplicação da metodologia qualitativa o grupo selecionado respondeu a 92 questionários e elaborou 56 textos dissertativos sobre o tema da leitura. Durante onze aulas de duas horas, realizaram-se trabalhos de motivação e conscientização do valor da leitura para a vida pessoal e profissional dos estudantes. Teoricamente 74% dos alunos dizem gostar de ler, mas na prática esse índice é questionado quando 87% dos docentes dizem que esses alunos não lêem e justificam por apresentarem conhecimentos gerais muito limitados, dificuldade de ler e escrever, pobreza de vocabulário, desconhecimento de sinônimos de palavras comuns, dificuldade em construir frases coerentes, em expressar o que aprenderam e em interpretar uma situação-problema.Colaborando com essa situação os demais elementos da pesquisa, pais e professores, apesar de admitirem a importância da leitura, pouco fazem para incentivá-la. Para os alunos a habilidade de ler textos diversificados, além de prepará-los melhor para a utilização de sua língua materna, proporcionaria uma formação mais integral, criando uma consciência social e ecológica, para que se revertam situações calamitosas, que tem sido criadas no meio rural devido à pratica de uma agricultura que prioriza o lucro sem avaliar o prejuízo que determinadas procedimentos inadequados causam à natureza e, consequentemente, à sociedade. Diante disso surge a necessidade de incentivar a leitura como uma forma de melhorar a formação de alunos que atuarão como técnicos agrícolas em um mercado de trabalho que precisa ser pensado e repensado para produzir com sustentabilidade.
Keywords: educação geral
educação agrícola
leitura
conscientização
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Educação Agrícola
???metadata.dc.publisher.program???: Curso de Pós-Graduação em Educação Agrícola
Citation: SCARIOT, Ivete. O desafio da leitura na Escola Agrotécnica Federal de Sertão/RS. 2009. 13 f. Dissertação (Mestrado em Educação Agrícola) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, 2009.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/tede/158
Issue Date: 16-Dec-2009
Appears in Collections:MESTRADO EM EDUCAÇÃO AGRÍCOLA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009 - Ivete Scariot.pdf187.23 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.