???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2834
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Avaliação da ozonização aquosa para sanitização de morangos minimamente processados
Other Titles: Evaluation of aqueous ozonation for sanitization of fresh cut strawberries
???metadata.dc.creator???: Coelho, Caroline Corrêa de Souza 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Cabral, Lourdes Maria Correa
First advisor-co: Freitas-Silva, Otniel
???metadata.dc.contributor.referee1???: Coneglian, Regina Celi Cavestré
???metadata.dc.contributor.referee2???: Castro, Izabela Miranda de
???metadata.dc.description.resumo???: Este trabalho teve como objetivo avaliar a ozonização em meio aquoso para sanitização de morangos cv. Camino Real minimamente processados, verificando-se o efeito da aplicação da técnica na qualidade e conservação pós-colheita dos frutos. Os morangos colhidos em Nova Fiburgo, RJ foram submetidos as etapas de seleção, lavagem, corte, sanitização, drenagem, embalagem e armazenamento. Os tratamentos consistiram em imersão dos frutos em água ozonizada a 0,2 (T1), 0,5 (T2) e 1,0 mg L-1 (T3), resfriada a 10°C por 5 min., imersão dos frutos em solução de cloro Sumaveg® a 150 mg L-1 (T4) e posterior enxágue com 5 mg L-1 com água resfriada a 10 °C, por 10 min. Como tratamento controle, os morangos foram lavados com água corrente (T5). Após a drenagem, os frutos foram embalados em bandeja de Polipropileno (PP) e armazenados por 12 dias sob refrigeração a 5 ºC e UR 90%.Foram realizadas análises físicas, físico-químicas, bioquímicas, microbiológicas e % de incidência de doenças, com a finalidade de avaliar os parâmetros de qualidade pós-colheita. As análises físicas, físico-químicas e bioquímicas mostraram que houve manutenção da qualidade dos frutos tratados por ozonização em todas as concentrações de ozônio estudadas. Os frutos submetidos aos tratamentos 0,2 mg.L-1 e cloração (T1 e T4) encontravam-se comercialmente aceitáveis no 12° dia de armazenamento, por apresentar perda de massa inferior a 6%. Os tratamentos referentes à sanitização com água ozonizada (0,2; 0,5 e 1,0 mg.L-1) apresentaram firmeza superior aos frutos submetidos a cloração (T4) e ao controle (T5). Para os demais parâmetros, os períodos de armazenamento foram os responsáveis pelas diferenças observadas. As soluções de ozonização avaliadas mostraram desempenho superior a cloração na redução de fitopatógenos pós-colheita do morango, e evidenciaram grande potencial para ser adotada em processo de sanitização para morangos cv. Camino Real, por apresentar menor % de incidência de doenças em relação às demais. Todos os métodos de sanitização estudados foram eficazes no controle das bactérias indicadoras das condições higiênico-sanitárias.
Abstract: This study aimed to evaluate aqueous ozonation technology on sanitization of strawberries cv. Camino Real minimally processed, verifying the technical application of the effect on the quality and its quality and postharvest conservation. Fruits from Nova Friburgo, RJ underwent the steps of selection, washing, cutting, sanitation, drainage, packaging and storage. The treatments consisted of immersion of fruits in ozonated water at 0.2 (T1), 0.5 (T2) and 1.0 mg L-1 (T3), cooled to 10 ° C for 5 min., immersion of fruits in chlorine Sumaveg® 150 mg L-1 (T4) and subsequent rinsing with 5 mg L-1 with chilled water at 10 °C for 10 min. To the control, fruits’were washed under running water (T5). After draining, the fruits were packed in polypropylene (PP) and stored for 12 days under refrigeration at 5 ° C and RH 90%. The physical, physical-chemical and biochemical showed that there was quality maintenance with ozonation concentration. The physical, physico-chemical and biochemical showed that there was maintaining the quality of fruits treated by ozonation in all ozone concentration. The fruits of 0.2mg.L-1 and chlorination (T1 and T4) are commercially acceptable found on the 12th day of storage, due to its mass loss of less than 6%. The treatments related to sanitation with ozonated water (0.2; 0.5 and 1.0 mg.L-1) had higher firmness compared to chlorination (T4) and control (T5). Tested ozonation solutions presented superior performance than chlorination in reducing postharvest strawberry plant pathogens, with higher potential to be adopted in sanitizing process for strawberries cv. Camino Real, since it reduced the postharvest diseases in relation to the other ones. All sanitization methods studied controlled indicator bacteria of sanitary conditions
Keywords: Ozônio
fitopatógenos
qualidade pós-colheita
Ozone
plant pathogens
post-harvest quality
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciência e Tecnologia de Alimentos
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Tecnologia
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos
Citation: Coelho, Caroline Corrêa de Souza. Avaliação da ozonização aquosa para sanitização de morangos minimamente processados. 2015. [69 f.]. Dissertação( Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, [Seropédica-RJ] .
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2834
Issue Date: 5-Mar-2015
Appears in Collections:MESTRADO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015 - Caroline Corrêa de Souza Coelho.pdf Caroline Corrêa de Souza Coelho1.76 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.