???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/1272
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Avaliação da eficiência agronômica de novos fertilizantes nitrogenados granulados baseados no uso da ureia
Other Titles: Evaluation of new agronomic efficiency on nitrogen fertilizer granular , based on the use of urea
???metadata.dc.creator???: Matos, Talita de Santana 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Urquiaga-Caballero, Segundo Sacramento
First advisor-co: Jantalia, Claudia Pozzi
???metadata.dc.contributor.referee1???: Zonta, Everaldo
???metadata.dc.contributor.referee2???: Polidoro, José Carlos
???metadata.dc.description.resumo???: O trabalho objetivou avaliar a eficiência agronômica de fertilizantes nitrogenados de liberação lenta baseados no uso da ureia, quantificando suas perdas por volatilização de NNH3 (PNV), emissão de N2O e a recuperação do N-fertilizante aplicado em cobertura em comparação com a ureia comercial na cultura de milho. Todos os esperimentos foram conduzidos na Embrapa Agrobiologia. Os primeiros experimentos foram realizados em condições controladas em casa de vegetação, utilizando solo da camada de 0-10 cm de um Planossolo Háplico. No primeiro experimento foram usadas bandejas plásticas como unidades experimentais para avaliação das perdas por volatilização com auxílio de câmaras semi-aberta livre estática (SALE). Aplicou-se ureia comercial (UC), ureia + KCl (UK), ureia + ácido húmico (UH), ureia +arenito zeolítico (UZ) e ureia +gesso agrícola (UG) em duas condições de pH (5,4 e 6,5). O outro experimento utilizou vasos plásticos contendo amostras do mesmo solo como unidades experimentais onde foram plantados 3 plantas de Brachiaria decumbens. Neste caso os fertilizantes foram enriquecidos com 15N, também em duas condições de pH (pH 5,4 e 6,5). Os tratamentos UZ e UK foram mais eficientes na retenção do N no solo do que a UC, apresentando menores perdas por volatilização de N-NH3 de 20,2 e 15,8% sob condição de calagem e 22 e 17,2% quando sem calagem, respectivamente. Os fertilizantes UK e UG apresentaram aumento total de aproximadamente 149 e 146% na produção de biomassa seca ao final do ciclo da cultura em condição de pH 5,4. Em pH 6,5 o fertilizante UG apresentou aumento de rendimento de 149,3%. O acúmulo de N na planta foi de 279,2 e 270,3 mg N.vaso-1 quando não foi aplicado calagem para os tratamentos UK e UG, respectivamente e quando com calagem, 207,4 e 200,6 mg N.vaso-1 para os tratamentos UG e UH, respectivamente. Os tratamentos UZ e UK apresentaram maior recuperação pelas plantas do N aplicado, com valores de 65,5 e 61,9% sem calagem e 60,2 e 45,7% com calagem, respectivamente. O outro experimento foi realizado no campo na área experimental da Embrapa Agrobiologia com objetivo de quantificar as perdas por volatilzação de amônio, as emissões de N2O e a eficiência do uso de fertilizantes nitrogenados (EUFN) de liberação lenta pela cultura de milho, no balanço de N. Os tratamentos consistiram da aplicação no campo em cobertura dos fertilizantes nitrogenados ao lado da linha de plantio e um tratamento controle. As emissões de N2O foram avaliadas utilizando-se câmaras estáticas fechadas. Foi utilizado fertilizantes enriquecidos com 15N em microparcelas para a avaliação da EUFN. Os tratamentos UZ e UK reduziram as perdas de N-NH3 por volatilização em aproximadamente 18 e 14%, respectivamente. Estas perdas corresponderam a 32,3 e 35,7% do total de N aplicado no solo. Para as emissões de N2O o tratamento UK foi o que apresentou maiores perdas por emissão de N2O atingindo valores de 2,02 kg N.ha-1. As maiores produtividades de grão foram obtidas pelos tratamentos UG e UZ que apresentaram melhor resposta de produção de grãos atingindo valores de 9.666 e 9.940 kg.ha-1, respectivamente. Para EUFN o tratamento UZ apresentou o maior valor de N recuperado chegando a 67% do total do N aplicado no sistema solo-planta.
Abstract: A study was conducted to evaluate the agronomic efficiency of nitrogen fertilizer with slow-release urea, measuring their losses by volatilization of NH3-N, N2O emission and recovery of fertilizer nitrogen applied as top dressing compared with commercioal urea to corn crop. All experiments were conducted at Embrapa Agrobiology. Firstly, the experiments were performed under controlled conditions in a greenhouse using soil layer of 0-10 cm of a haplic planosol. In the first experiment, the plastic trays were used as experimental units for evaluation of losses due to volatilization chambers with the aid of semi-open static free (SALE). Commercial urea was applied (UC), urea + KCl (UK), humic acid + urea (UH), urea + zeolitic sandstone (UZ) and urea + gypsum (UG) in two conditions of pH (5.4 and 6,5). Secondly, the other experiment was conducted using plastic pots containing the same soil samples as experimental units where they were planted three plants of Brachiaria decumbens. In this case, fertilizers were enriched with 15N, in two pH conditions too (pH 5,4 and 6,5). Treatments UZ and UK were more efficient in retaining N in the soil than the UC, with smaller losses through volatilization of NH3-N, and 20,2 and 15,8% on condition of lime and 22 and 17,2% when Liming did not occur, respectively. The UK fertilizer and UG showed overall increase of about 149 and 146% on dry biomass production at the end of the cycle on condition of pH 5,4. At pH 6,5 UG fertilizer showed yield increases of 149,3%. The accumulation of N in the plant and was 279,2 and 270,3 mg N.vaso-1 when no lime was applied to the UK and UG treatments, respectively, and the limed, 207.4 and 200,6 mg N. vaso-1 for the treatments UG and UH, respectively. Treatments UZ and UK had the highest recovery of applied N by plants, with values of 65,5 and 61,9% without lime, 60,2 and 45,7% with lime, respectively. Thirdly, other experiment was conducted at the experimental field at Embrapa Agrobiology in order to quantify the PNV, N2O emissions and efficiency of nitrogen fertilizer use (NFUE) slow-release by a corn crop on N balance Treatments consisted of field application of nitrogen fertilizers in coverage along the rows and a control treatment. Emissions of N2O were evaluated using static chambers closed. Was used fertilizers enriched with 15N in little plots for the assessment of NFUE. The treatments UZ and UK reduced the losses of N-NH3 by volatilization in approximately 18 and 14%, respectively. These losses corresponded to 32,3 and 35,7% of total N applied to soil. For N2O emissions the UK treatment showed the largest emission of N2O losses reaching values of 2.02 kgN.ha-1. The highest yield of grain were obtained by treatments that UG and UZ had a better response of grain production reaching values of 9666 and 9940 kg ha-1 respectively. To NFUE treatment UZ showed the highest values of N recovered reaching 67% of the total N applied system soil plant.
Keywords: Biomass
Grass
fertiliser
Biomassa vegetal
15N
Gramínea
adubo
Granulação
granulated
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências Agrárias
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Agronomia
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia
Citation: Matos, Talita de Santana. Avaliação da eficiência agronômica de novos fertilizantes nitrogenados granulados baseados no uso da ureia. 2011. [64 f.]. Dissertação( PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FITOTECNIA) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, [Seropédica-RJ] .
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/1272
Issue Date: 31-Oct-2011
Appears in Collections:MESTRADO EM FITOTECNIA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011 - Talita de Santana Matos.pdf2011 - Talita de Santana Matos637.42 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.