???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/tede/557
???metadata.dc.type???: Tese
Title: Produção de anticorpos IgY de galinhas e IgG de coelhos para análise de auxina e citocininas
Other Titles: Production of antibodies IgY from chicken and IgG from rabbits for analysis of auxin and cytokinins
???metadata.dc.creator???: Sousa, Cleiton Mateus 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Miranda, Ricardo Motta
First advisor-co: Freire, Ronald Bastos
???metadata.dc.description.resumo???: A determinação do nível hormonal endógeno pode ser uma excelente ferramenta para estudar o desenvolvimento vegetal. Atualmente, fica limitada devido a complexidade das metodologias adotadas, uma vez que demandam equipamentos e reagentes de alto custo e ainda apresentam baixo rendimento. Por outro lado, os ensaios imunoenzimáticos possuem algumas vantagens que superam essas limitações, demonstrando um potencial de uso prático na dosagem de hormônios vegetais. Entre os ensaios imunoenzimáticos, destaca-se o teste Enzyme-Linked Immunosorbent Assay (ELISA), o qual vem sendo utilizado na detecção de moléculas com baixo peso molecular. No entanto, o teste ELISA exige anticorpos específicos e que sejam capazes de reconhecer as moléculas de interesse, no caso os hormônios vegetais. Hoje no mercado não há anticorpos disponíveis para a determinação das moléculas hormonais. Diante disso, propôs-se produzir e caracterizar anticorpos contra moléculas de AIA, 2ip e zeatina e posteriormente, usá-los na detecção dessas moléculas. Para isso, as moléculas hormonais foram conjugadas com proteína (BSA) para posterior imunização de galinhas poedeiras ou coelhos. A partir do soro de coelhos ou de gemas de ovos de galinhas os anticorpos foram purificados e caracterizados através do teste de imunodifusão, SDSPAGE e teste ELISA. Os anticorpos que apresentaram melhores resultados foram utilizados na detecção de moléculas hormonais em amostras de tecidos de plântulas mantidas in vitro. O teste de imunodifusão revelou que os anticorpos obtidos foram capazes de detectarem a molécula em estudo. Através do SDS-PAGE verificou-se que os anticorpos obtidos em gemas de ovos de galinhas apresentaram maior pureza que os obtidos em coelhos, sugerindo que os mesmos possuem maior potencial de uso prático. A partir dos resultados do teste ELISA, observou-se que os anticorpos contra AIA não apresentaram potencial de uso prático na determinação dessa molécula em amostras vegetais. Sendo assim, a detecção de moléculas hormonais em amostras de tecidos vegetais ficou restrita a 2ip e a zeatina. A detecção dessas duas moléculas em extrato bruto, obtidos a partir de plântulas de gérbera mantidas in vitro, revelou que o nível endógeno de zeatina foi superior ao nível de 2ip. Plântulas com seis semanas após a repicagem apresentaram maior nível de zeatina do que plântulas recém repicadas, enquanto para o 2ip, essa diferença não foi evidente. O uso de anticorpos obtidos em gemas de ovos de galinhas permitiu a detecção e quantificação de zeatina e 2ip em amostras vegetais utilizando o teste ELISA.
Abstract: The determination of plant hormones can be an excellent tool for to study the plant development. Today, the complexity of methods, equipment and reagents of high cost limit the use with practice of routine. Some advantages of methods immunoassay can exceed those limitations, showing a potential of practical use in determination of plant hormones. The test Enzyme-Linked Immunosorbent Assay (ELISA) is utilized in detection of molecules with low molecular weight. However, the ELISA requires specific antibodies against molecules of interest, in the case, plant hormones. Today in the market there is not available antibodies for the determination of hormonal molecules. Faced with that, proposed be produced and characterize antibodies against molecules of AIA, 2ip and zeatin and subsequently, for use the detection those molecules. For that, the hormonal molecules were conjugated with protein (BSA) for subsequent immunization of chicken or rabbits. From the serum of rabbits or yolks eggs the antibodies were purified and characterized through the test of precipitation of double diffusion, SDS-PAGE and test ELISA. The antibodies that presented better results were utilized in detection of plant hormones molecules in samples of plantlets in vitro of gerbera. The test of precipitation of double diffusion revealed that the antibodies productized were capable of will detect the molecule in study. Through in the SDS-PAGE was verified that the antibodies obtained in eggs yolks of chicken presented superior purity than them obtained in serum of rabbits. From the results of the test ELISA, observed itself that the antibodies against AIA did not present potential of practical use. The detection of plant hormones in samples of tissue stayed restricted to 2ip and zeatin. The detection of those two molecules in crude extract, obtained from plantlets in vitro of gerbera, revealed that the level endogenous of zeatin was higher of level 2ip. Plantlets with six weeks after multiplication presented higher level of zeatin than plantlets with one week after multiplication. For the 2ip, that difference was not evident. The use of antibodies obtained in eggs yolks of chicken permitted the determination of zeatin and 2ip in samples plant utilizing the test ELISA.
Keywords: Key words: production of antibodies, ELISA, determination of plant hormones, gerbera in vitro.
produção de anticorpos
ELISA
determinação hormônios vegetais
gérbera in vitro.
???metadata.dc.subject.cnpq???: Medicina Veterinária
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Produção Vegetal
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia
Citation: SOUSA, Cleiton Mateus. Produção de anticorpos IgY de galinhas e IgG de coelhos para análise de auxina e citocininas. 2008. 61 f. Tese (Doutorado em Produção Vegetal) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, 2008.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/tede/557
Issue Date: 25-Jul-2008
Appears in Collections:DOUTORADO EM FITOTECNIA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008 - Cleiton Mateus Sousa.pdfDocumento principal6.26 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.