???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/tede/515
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Produção orgânica de tomateiro tipo "cereja": comparação entre cultivares, espaçamentos e sistemas de condução da cultura
Other Titles: Organic production of cherry tomatoes: cultivar comparison, plant densities and pruning regimes.
???metadata.dc.creator???: Azevedo, Vlamir Fortes de
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Carmo, Margarida Goréte Ferreira do
First advisor-co: Abboud, Antonio Carlos de Souza
???metadata.dc.description.resumo???: O tomateiro é uma espécie altamente suscetível a um grande número de pragas e doenças, o que dificulta o seu cultivo em sistemas orgânicos de produção, principalmente quando conduzida em ambiente não-protegido. Assim, novas tecnologias que possam vir a viabilizar o seu cultivo em sistemas orgânicos devem ser testadas, visando não só o aumento da produção, como também a redução dos problemas fitossanitários. Entre os fatores que podem ser trabalhados estão o espaçamento e a eliminação sistemática das hastes laterais, prática esta conhecida como desbrota , deixando-se uma ou mais hastes por planta. Como o grupo do tomate cereja apresenta frutos pequenos, o tamanho do fruto não afeta significativamente a sua valorização no mercado. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o efeito do número de hastes por planta, combinado com diferentes espaçamentos, sobre a produtividade e a qualidade de frutos de tomate tipo cereja e o gasto com mão-de-obra para se efetuar a desbrota. Para tanto, foram realizados dois ensaios no Campo Experimental da Horticultura do Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, em Seropédica-RJ, nos períodos de primavera-verão de 2004 e outono-inverno de 2005. No primeiro ensaio, foram avaliados os efeitos da combinação de três formas de condução (sem tutoramento e sem limitação do número de hastes por planta; tutoramento e condução de uma haste por planta e, tutoramento e condução de duas hastes por planta), três espaçamentos entre plantas (0,4, 0,6 e 0,8 m) e duas cultivares de tomate cereja, o híbrido Super-Sweet e a variedade Perinha . O espaçamento entre linhas utilizado foi 1,5 m. No segundo ensaio, foram avaliados os efeitos da combinação entre três formas de condução (sem tutoramento e sem limitação do número de hastes por planta; tutoramento e condução de duas hastes por planta e, tutoramento e condução de três hastes por planta) e duas cultivares de tomate cereja, o híbrido Super-Sweet e variedade A . O espaçamento adotado foi de 0,6 m entre plantas e 1,0 m entre linhas. No cultivo realizado no período de primavera-verão, observou-se que o sistema não tutorado apresentou produtividade de frutos comerciais igual estatisticamente à do tratamento onde as plantas foram conduzidas sob tutoramento e mantendo-se duas hastes por planta. O tratamento onde não foi feita a condução das plantas apresentou, ainda, menor custo de produção, decorrente do fato de não se ter gasto mão-de-obra para a prática da desbrota. No cultivo realizado no período de outono-inverno, no entanto, observou-se redução acentuada do número de colheitas neste sis tema devido, principalmente, ao ataque severo de requeima. Neste mesmo período, constatou-se que o sistema de condução com três hastes foi o que proporcionou maior produtividade de frutos comerciais, porém com maior custo de produção devido ao aumento do gasto com mão-de-obra para realização da referida operação.
Abstract: Tomato plants are highly susceptible to a great number of pests and diseases . This is a constraint to organic production, especially under field conditions. New technologies should be developed to improve organic tomato yields and reduce disease incidence. Row spacing and pruning regimes are two aspects which may be targeted to achieve these goals. Since cherry-type tomatoes are small, size variation resulting from pruning, will not significantly affect market value. The objective of this dissertation was to evaluate the effect of the number of stems per plant (through pruning) and plant densities on the yields and fruit quality of cherry-type tomatoes. Also, the labor required to prune the plants was estimated. Two experiments were performed at the experimental field of Departamento de Fitotecnia, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica-RJ in the Spring-Summer 2004 and Fall/Winter 2005. The first experiment evaluated the effect of three pruning regimes (free growth, one stem per plant and two stems per plant) three plant densities (1.5 X 0,4m,1.5 X 0,6m and 1.5 X 0,8 m) and two cultivars (hybrid Super-Sweet and a local self pollinated - Perinha ). The second evaluated the effects of three pruning regimes (free growth, two stem per plant and three stems per plant and two cultivars (hybrid Super-Sweet and a self pollinated - A ). The spacing used was 1.0 X 0.6m. In the first experiment, fruit yields were equivalent on the free growth and the two stems treatments. The free growth treatment had lower labor cost, since no pruning was done. In the second experiment, the number of harvests was lower compared to the previous experiment, since a severe occurrence of blight occured. Higher yields were achieved on the three stem treatment, although a higher labor cost was associatesd to this treatment.
Keywords: sistema de condução
espaçamento
número de hastes
requeima
custo de produção.
pruning regimes
row spacing
number of stems
late blight.
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Produção Vegetal
???metadata.dc.publisher.program???: Curso de Pós-Graduação em Fitotecnia
Citation: AZEVEDO, Vlamir Fortes de. Organic production of cherry tomatoes: cultivar comparison, plant densities and pruning regimes.. 2006. 79 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, 2006.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/tede/515
Issue Date: 17-Feb-2006
Appears in Collections:MESTRADO EM FITOTECNIA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2006- Vlamir Fortes de Azevedo.pdf2.13 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.