???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/1856
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: A escolarização de alunos com deficiência intelectual à luz da perspectiva histórico-cultural: avaliação mediada e apropriação conceitual
Other Titles: The schooling of students with intellectual disabilities in the light of historical and cultural perspective: mediated evaluation and conceptual appropriation
???metadata.dc.creator???: OLIVEIRA, Mariana Corrêa Pitanga de 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Pletsch, Márcia Denise
???metadata.dc.contributor.referee1???: Souza, Flávia Faissal de
???metadata.dc.contributor.referee2???: Bairral, Marcelo Almeida
???metadata.dc.description.resumo???: A presente dissertação tem como tema de pesquisa a escolarização de alunos com deficiência intelectual. Para tal, segundo pesquisas recentes um dos maiores empecilhos tem sido a falta de conhecimento dos professores sobre as especificidades do processo de ensino e aprendizagem desses sujeitos. Apoiadas por essa temática, tem-se como objetivo analisar os processos avaliativos dirigidos para os alunos com deficiência intelectual e refletir sobre o seu processo de elaboração e apropriação conceitual. A investigação está inserida em dois projetos de pesquisa distintos, a saber: (A) A questão da leitura e escrita na área da deficiência intelectual: qual a melhor forma de ensino? e (B) A escolarização de alunos com deficiência intelectual: políticas públicas, processos cognitivos e avaliação da aprendizagem, o qual financiou este trabalho (OBEDUC/CAPES). Participaram do estudo dois alunos com deficiência intelectual, matriculados em redes de ensino diferentes (uma localizada no município do Rio de Janeiro e a outra na Baixada Fluminense-RJ). Adotou-se como procedimento metodológico de investigação a pesquisa qualitativa, baseada nos princípios do estudo de casos múltiplos. Acredita-se que pesquisas dessa envergadura contribuem com reflexões necessárias para compreender as singularidades da realidade pesquisada, além de possibilitar base teórica para a intervenção. Partindo desses pressupostos, utilizou-se como procedimento e instrumento de coleta de dados a observação participante, entrevistas aberta e semiestruturada e a aplicação de provas de avaliação da aprendizagem. Como referencial teórico, empregou-se a perspectiva histórico-cultural de Vygotsky, visando encontrar, em seus conceitos, o suporte necessário para fundamentar as análises sobre a escolarização dos sujeitos participantes. Sob esses aspectos, após a análise dos dados, emergiram os seguintes resultados: a) a mediação docente por meio da interação e da linguagem de enunciados claros é a principal ferramenta na escolarização de alunos, em especial daqueles com deficiência intelectual; b) a avaliação mediada por meio de atividades colaborativas é um instrumento que perpassa a zona de desenvolvimento proximal (ZDP) dos alunos; c) o ensino mediado favorece a elaboração conceitual por parte dos alunos com deficiência intelectual e contribui para o desenvolvimento das funções psicológicas superiores; d) com a aplicação das provas verificou-se que à medida que a intervenção mediada do professor revelava caminhos para o aluno se apropriar de um determinado conceito, a própria avaliação também foi mediadora desse processo, sinalizando novas possibilidades. Ao final deste trabalho, apresentam-se algumas reflexões que dialogam sobre mudanças na perspectiva avaliativa e dos processos de escolarização de alunos com deficiência intelectual. Igualmente, a pesquisa traz indícios de caminhos que contemplam possibilidades de aprendizagem para todos
Abstract: This dissertation has as its research theme the schooling of students with intellectual disabilities. According to recent researches, one of the biggest impediments has been the lack of teacher knowledge about the specifics of the teaching and learning process of these subjects. Supported by this thematic, our objective is to analyze the evaluation processes for students with intellectual disabilities and reflect on their process of elaboration and conceptual appropriation. The investigation is made up of two separate research projects, namely: (A) The reading and writing issue in the area of intellectual disability: what is the best teaching method? and (B) Schooling of students with intellectual disabilities: public policies, cognitive processes and learning evaluation, which funded this work (OBEDUC/CAPES). The study included two students with intellectual disabilities enrolled in different schools (one located in the city of Rio de Janeiro and the other in the municipality of Baixada Fluminense - RJ). We adopted qualitative research as the methodological procedure of our investigation, based on the principles of multiple case studies. We believe that research of this scale contributes towards the reflections needed to understand the singularities of the researched reality, and enable theoretical basis for intervention. Based on these assumptions, we used the participant observation, semi-structured and open interviews and the application of learning assessment tests as procedures and data collection instruments. For theoretical framework, we used the historical-cultural perspective of Vygotsky, in order to find, in his concepts, the necessary support to base our analysis on the education of the participating subjects. Under these aspects and after data analysis, the following results emerged: a) teaching mediation through interaction and clear statements of language is the main tool in the education of students, especially those with intellectual disabilities; b) evaluation mediated through collaborative activities is an instrument that permeates the Zone of Proximal Development (ZPD) of students; c) mediated teaching favours the conceptual elaboration by students with intellectual disabilities, and contributes to the development of higher mental functions; d) with the application of the tests, we verified that the mediated teacher’s intervention revealed paths for the student to appropriate a particular concept, so the evaluation itself was also a mediator of this process, showing new possibilities. At the end of this text, we present some reflections on changes in the evaluative perspective and the schooling processes of students with intellectual disabilities. In addition, this research points to paths that include learning possibilities for all
Keywords: Mediated evaluation
Intellectual disability
Historical and cultural perspective
Avaliação mediada
Deficiência intelectual
Perspectiva histórico-cultural
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências Humanas
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Educação
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Educação, Contextos Contemporâneos e Demandas Populares
Citation: OLIVEIRA, Mariana Corrêa Pitanga de. A escolarização de alunos com deficiência intelectual à luz da perspectiva histórico-cultural: avaliação mediada e apropriação conceitual. 2016. 133 f. Dissertação (Mestrado em Educação, Contextos Contemporâneos e Demandas Populares). Instituto de Educação, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, 2016.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/1856
Issue Date: 28-Jan-2016
Appears in Collections:MESTRADO EM EDUCAÇÃO, CONTEXTOS CONTEMPORÂNEOS E DEMANDAS POPULARES

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016 - Mariana Corrêa Pitanga de Oliveira.pdfDocumento principal60.18 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.