???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/1167
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Dactylogyrídeos (Platyhelminthes, Monogenea) parasitos de três espécies de peixes da família Pimelodidae (Siluriformes, Pimelodidae) do rio Mogi Guaçu, Pirassununga, SP, Brasil
???metadata.dc.creator???: AGUIAR, Julio Cesar Cenci de 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Aguiar, Julio Cesar Cenci de
???metadata.dc.description.resumo???: Visando contribuir para o conhecimento da biodiversidade da região Neotropical, a presente pesquisa teve como objetivos realizar o estudo taxonômico das espécies de dactylogyrídeos associadas a três espécies de hospedeiros: Pimelodus maculatus Lacepède, 1803, Pimelodus heraldoi Azpelicueta, 2001 e Iheringichthys labrosus (Lütken, 1874) de Cachoeira de Emas, rio Mogi Guaçu, Pirassununga, São Paulo. Os peixes foram coletados utilizando redes e tarrafas na localidade de cachoeira de Emas e tranportados até o laboratório do Centro Nacional de Pesquisa da Conservação de Peixes Continentais, Instituto Chico Mendes para Conservação da Biodiversidade CEPTA/ICMBio, onde foram examinados. Os parasitos coletados foram fixados em formol a 4% e processados para identificação no laboratório de Parasitologia de Peixes da UFRRJ. Cinco espécies foram propostas como novas e quatorze novos registros de localidade foram apresentados, dos quais 12 representam novos registros para hospedeiros. Ameloblastella paranaensis, encontrada nas brânquias das três espécies de hospedeiros examinadas, é registrada e comentada em detalhes. Ameloblastella sp. n. 1 coletada em P. maculatus difere de seus congêneres por apresentar um OCM (órgão copulatório masculino) com 2 anéis, âncoras ventral e dorsal com lâmina curva e ponta recurvada no sentido da base e uma vagina com uma estrutura epivestibular em forma de lígula e um ducto que desemboca na porção distal do vestíbulo vaginal. Ameloblastella sp. n. 2 coletada em P. heraldoi se distingue das demais espécies do gênero por apresentar um OCM com 2 anéis, peça acessória distalmente dividida em duas subunidades, e âncoras com pontas longas ultrapassando a extremidade da raiz superficial. Sete espécies de Demidospermus foram registradas e comentadas em detalhes. Pavanelliella sp. n. 1, coletada das cavidades nasais de P. maculatus se diferencia de seus congêneres por possuir um OCM com 2–4 anéis e a vagina anteriormente direcionada contendo aproximadamente cinco anéis irregulares ao redor do vestíbulo vaginal. Pavanelliella sp. n. 2 coletada em P. heraldoi, se distingui de todos seus congêneres por apresentar um OCM robusto com 2–3 anéis, uma peça acessória de extremidade distal irregular em forma de flamas, um canal vaginal sinuoso com 2–3 voltas na porção distal e vestíbulo vaginal não diferenciado. Pavanelliella sp. n. 3 coletada em P. heraldoi se diferencia das demais espécies do gênero por ter um OCM com 4 anéis (2 anteriores e 2 posteriores a peça acessória), uma peça acessória com uma extremidade distal bifurcada com uma das pontas em forma de gancho, canal vaginal sinuoso com 3 voltas na sua porção distal e vestíbulo vaginal não diferenciado. Pavanelliella sp. n. 1 foi a que apresentou os maiores valores de prevalência, intensidade média e abundância média de infestação. Além das três novas espécies de Pavanelliella propostas, alguns caracteres morfológicos são adicionados a P. pavanellii. Adicionalmente apresenta-se uma proposta de emenda da diagnose do gênero Demidospermus e uma chave para diagnóstico dos gêneros de Dactylogyrinea cujo haptor não apresenta barras e nem âncoras e para as espécies de Pavanelliella. O presente estudo revela a riqueza parasitária para uma localidade na qual nada se sabia a respeito desses dactylogyrídeos.
Abstract: This research aimed to study the taxonomy of dactylogyrids species associated with three host species: Pimelodus maculatus Lacepède, 1803, Pimelodus heraldoi Azpelicueta, 2001 and Iheringichthys labrosus (Lütken, 1874) from Cachoeira de Emas, Mogi Guaçu River, Pirassununga, São Paulo, Brazil. The fishes were collected using nets and cast nets in the Cachoeira de Emas and transported to the laboratory of do Centro Nacional de Pesquisa da Conservação de Peixes Continentais, Instituto Chico Mendes para Conservação da Biodiversidade CEPTA/ICMBio, where they were examined. The parasites were fixed in 4% formalin and processed for identification in the Laboratory of Fish Parasitology of UFRRJ. Fourteen new locality records were included, 12 of them are new hosts records. Among these, five new species were proposed. Ameloblastella sp. n 1 collected from P. maculatus differs from its congeners by having a MCO (Male copulatory organ) with 2 rings, ventral and dorsal anchors with curved shaft and curved point toward to the base and a vagina with a ligule-like structure at the vestibule roof and a duct that leads into the distal portion of the vaginal vestibule. Ameloblastella sp. n. 2 is distinguished from the other species of the genus by a MCO with 2 rings, accessory piece distally divided into two subunits, and anchors with long points surpassing the tip of the superficial root. Seven Demidospermus species were recorded and commented based mainly on morphological and morphometric variations. Pavanelliella sp. n. 1, collected from nasal cavities of P. maculatus differs from its congeners by having a MCO with 2–4 rings and anteriorly directed vagina containing five irregular rings around the vestibule. Pavanelliella sp. n. 2 collected from P. heraldoi, was distinguished from all its congeners by having a robust MCO with 2-3 rings, an accessory piece with an irregular distal portion resembling flames, vaginal canal sinuous with 2-3 loops and vaginal vestibule not differentiated. Pavanelliella sp. n. 3 collected from P. heraldoi is separated from the other species of the genus by having a MCO with 4 rings (2 anterior and 2 posterior to accessory piece), accessory piece with bifurcated distal end, with one end hook-like, vaginal canal with 3 loops and vaginal vestibule not differentiated. Pavanelliella sp. n. 1 showed the highest values of prevalence, mean intensity and mean abundance infestation. Besides the three new Pavanelliella species proposed, some details about the morphology of P. pavanellii were added. Additionally a proposal to amend the diagnosis of the genus Demidospermus and a key to diagnosis of the Dactylogyrinea genera whose haptor presents no bar and no anchors and for Pavanelliella species are included herein.
Keywords: Fish Parasitology, Ancyrocephalinae, Neotropical Region
Parasitos de Peixes, Ancyrocephalinae, Região Neotropical
???metadata.dc.subject.cnpq???: Medicina Veterinária
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Veterinária
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias
Citation: AGUUIAR, Julio Cesar Cenci de. Dactylogyrídeos (Platyhelminthes, Monogenea) parasitos de três espécies de peixes da família Pimelodidae (Siluriformes, Pimelodidae) do rio Mogi Guaçu, Pirassununga, SP, Brasil. 2011. 91 f. Dissertação (Mestrado em Ciências veterinárias). Instituto de Veterinária, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, 2011.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/1167
Issue Date: 25-Mar-2011
Appears in Collections:MESTRADO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011 - Julio Cesar C. Aguiar.pdfDocumento principal44.39 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.