???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/tede/791
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Estudo da Transmissão Experimental de Borrelia anserina (Sakharoff, 1891) por Argas (Persicargas) miniatus Koch, 1844 e Avaliação Comparativa de Parâmetros Clínicos e Hematológicos em Gallus gallus Linnaeus, 1758
Other Titles: A Study on the Experimental Transmission of Borrelia anserina (Sakharoff, 1891) by Argas (Persicargas) miniatus Koch, 1844 and a Comparison of Clinical and Hematological Parameters
???metadata.dc.creator???: Lisbôa, Raquel Silva 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Fonseca, Adivaldo Henrique da
First advisor-co: Massard, Carlos Luiz
???metadata.dc.description.resumo???: A Borreliose aviária é uma doença septicêmica aguda, cosmopolita, que acomete diferentes espécies aviárias, sendo causada por Borrelia anserina (Sakharoff, 1891). Esta espiroqueta pode ser encontrada no plasma sangüíneo das aves infectadas durante os estágios iniciais da doença. Os objetivos do presente trabalho foram estudar a transmissão experimental de B. anserina por carrapatos Argas miniatus infectados, observando o período pré-patente e período de patência, e estudo comparativo das alterações clínicas e hematológicas. Um total de 27 aves da espécie Gallus gallus foram divididas em três grupos inteiramente casualizados contendo nove animais cada. Um grupo foi exposto a carrapatos infectados por B. anserina (grupo 1); outro a carrapatos livres deste agente (grupo 2); além de um grupo não exposto aos carrapatos (grupo 3). Realizaram-se esfregaços sangüíneos das aves, diariamente, a partir do primeiro dia em que as aves foram expostas aos carrapatos, até o 25º dia após a exposição (DPE). Amostras de sangue foram coletadas três dias antes da exposição aos carrapatos, três DPE, oito DPE e uma última 18 DPE para a realização dos hemogramas. O exame dos esfregaços das aves do grupo 1 revelou grande número de espiroquetas. Os parâmetros biológicos de período pré-patente e de período de patência para este grupo foram, em dias, 6 ± 0,83 e 5 ± 1,96, respectivamente. Os esfregaços sangüíneos do grupo 2 e do grupo 3 mantiveram-se negativos durante todo o período experimental. Em relação às manifestações clínicas observadas, a partir do sexto e sétimo DPE, as aves do grupo 1 apresentaram os seguintes sinais clínicos: penas arrepiadas, crista pálida, sonolência, perda do apetite, perda de peso e diarréia esverdeada. Estes sinais continuaram até o 12º DPE, coincidindo com o término da espiroquetemia, em seguida houve evolução do quadro clínico para a cura das aves. De acordo com os resultados das avaliações hematológicas, as aves expostas aos carrapatos infectados por B. anserina (grupo 1 apresentaram um quadro de anemia normocítica normocrômica em oito DPE, leucocitose com heterofilia e monocitose iniciais que cursaram paralelamente com a espiroquetemia. Após o período de patência da infecção, dezoito DPE, detectou-se uma linfocitose. O presente trabalho confirmou a viabilidade da transmissão de B. anserina em G. gallus experimentalmente infestados por A. miniatus. G. gallus infectados apresentaram alterações clínicas que cursaram paralelamente ao período de espiroquetemia, evoluindo para auto-cura, além de alterações hematológicas compatíveis com infecção bacteriana.
Abstract: Avian spirochetosis is an acute septicemic disease, cosmopolite, of a variety of avian species caused by Borrelia anserina (Sakharoff, 1891). This spirochete is usually present in the blood of infected birds during the early stages of the disease. The present study assesses the experimental transmission of B. anserina by infected ticks Argas miniatus, observing the pre-patent and patent period, and comparing the clinical and hematological alterations. Twenty-seven fowls of the species Gallus gallus were randomly allocated into three groups composed by nine animals each. One group was exposed to B. anserina infected ticks (group 1), other one to ticks free of this agent (group 2), besides one group not exposed to ticks (group 3). Blood smears of the fowls were taken, daily, since the first day the fowls were exposed to the ticks, up to the 25º day after exposure (DAE). Blood samples were collected three days before exposure, three DAE, eight DAE, and for the last time in eighteen DAE for hematologic tests. The examination of group three s smears revealed a great number of spirochetes. The biological parameters of the pre-patent and patent period for this group were, 6 ± 0,83 and 5 ± 1,96 days, respectively. Group 2 and group 3 blood smears were negatives during the whole period under exam. About the clinical signs observed, since the sixth and seventh DAE, the fowls of group 1 presented: nibs bristle, pale crist, somnolence, inappetence, loss of weight and green diarrhoea wich were continuing until the 12º DAE coinciding with the end of the spirochetemia, after this, occured clinical evolution which self-cure. In agreement with the hematological evaluation results, the fowls exposed to infected ticks showed a normocytic normochromic anemia in eight DAE, leucocytosis with initial heterophilia and monocytosis in concomitance with the spirochetemia. After the patent period, eighteen DAE, a linphocytosis was detected. The present study confirmed the viability of the experimental transmission of B. anserina by infected ticks A. miniatus. Infected G. gallus with avian spirochetosis showed clinical alterations wich cursed in concomitance to the spirochetemia period, evoluting to selfcure, moreover hematological alterations compatible with the bacterial infection.
Keywords: galinhas domésticas
carrapatos
borreliose aviária
domestic chickens
ticks
avian spirochaetosis
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Parasitologia Veterinária
???metadata.dc.publisher.program???: Curso de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias
Citation: LISBÔA, Raquel Silva. A Study on the Experimental Transmission of Borrelia anserina (Sakharoff, 1891) by Argas (Persicargas) miniatus Koch, 1844 and a Comparison of Clinical and Hematological Parameters. 2006. 82 f. Dissertação (Mestrado em Parasitologia Veterinária) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, 2006.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/tede/791
Issue Date: 24-Feb-2006
Appears in Collections:MESTRADO EM MEDICINA VETERINÁRIA (PATOLOGIA E CIÊNCIAS CLÍNICAS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2006-Raquel Silva Lisboa.pdf3.41 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.