???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/tede/767
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Miíases umbilicais em bezerros Nelore recém-nascidos: predisposição de dois cruzamentos raciais criados no sistema de manejo Voisin no Rio de Janeiro e avaliação de medidas profiláticas em criação extensiva no Pantanal Sul-Mato-Grossense
Other Titles: Umbilical myiasis in Nelore newborn calves: predisposition of two racial crossings raised in a Voisin system in Rio de Janeiro and evaluation of prophylactic measures in extensive cattle raising in the Pantanal Sul-Mato-Grossense
???metadata.dc.creator???: Pires, Marcus Sandes 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Sanavria, Argemiro
First advisor-co: Barros, Antonio Thadeu Medeiros de
???metadata.dc.description.resumo???: A pesquisa foi realizada em duas propriedades distintas de criação de bovino de corte. A primeira parte do experimento foi executada na Fazenda Santo Antonio, localizada no município de Miguel Pereira, Estado do Rio de Janeiro tendo como objetivo avaliar a suscetibilidade e a prevalência de miíases umbilicais nos bezerros recém-nascidos, resultantes dos cruzamentos entre touros Brahman P.O (puro de origem) e vacas 5/8 Canchim x 3/8 Nelore e os cruzamentos entre touros Nelore P.O e vacas 5/8 Canchim x 3/8 Nelore. Foi realizado um levantamento observacional descritivo da prevalência de miíases umbilicais após o nascimento dos bezerros, de acordo com as origens raciais e sexo desses animais, no período de agosto a novembro de 2006. Cada grupo das matrizes, composta por 130 fêmeas, entre vacas, novilhas, e 10 touros da mesma origem racial (Nelore e Brahman), alocados em 40 piquetes, tendo cada um desses, de dois a três hectares, utilizando-se o sistema de manejo rotacionado Voisin. Os animais permaneciam em média 24 horas em cada piquete, sendo o período de descanso da pastagem de um mês. A segunda parte do experimento foi realizada na Fazenda Alegria, localizada no município de Corumbá, Estado de Mato Grosso do Sul, tendo como objetivo avaliar a eficácia de medicamentos na prevenção de miíases umbilicais em bezerros da raça Nelore de criação extensiva, nascidos de dezembro de 2006 a março de 2007. Para a avaliação da eficácia dos medicamentos, foram utilizadas quatro invernadas de 850 hectares, contendo 350 vacas, em média, e os bezerros recém-nascidos desses grupos, tratados com a medicação de escolha de cada invernada. Os medicamentos utilizados foram: doramectina 200 μg/kg p.v.a., ivermectina 200 μg/kg p.v.a., ivermectina longa ação 200 μg/kg p.v.a., todos, via parenteral (subcutânea) e solução de DDVP (2,2 diclorovinil dimetil fosfato ou diclorvós) + triclorfon, com aplicação tópica na região umbilical. Após a aplicação eletiva dos medicamentos em cada grupo, realizou-se a avaliação da prevalência das miíases umbilicais nos animais. O monitoramento dos bezerros nas duas propriedades foi até um mês pós-nascimentos, para reavaliação de possíveis ocorrências de miíases umbilicais. Na primeira parte do experimento, dos 152 bezerros recém-nascidos, 75 foram oriundos do cruzamento entre Nelore x 5/8 Canchim/Nelore com uma prevalência de 41,33% de miíases umbilicais, e 77, oriundos do cruzamento entre Brahman x 5/8Canchim/Nelore constatou-se uma prevalência de 54,55% ,de miíases umbilicais, não sendo evidenciado diferença significativa (p>0,05) entre os cruzamentos. Em relação ao sexo dos animais, não houve diferença significativa (p>0,05). Do total de miíases umbilicais observadas, 52,05% ocorreram em machos e 47,95% em fêmeas. Na segunda parte experimental, dos 613 bezerros medicados preventivamente, constatou-se 24 casos de miíases umbilicais, com predominância de ocorrências na época mais quente e de maior índice de precipitação pluviométrica do período observado. Houve diferença significativa (p<0,05) na utilização de doramectina, ivermectina e ivermectina longa ação, aplicadas via sub-cutânea em relação à solução tópica de DDVP + triclorfon como medicação preventiva á miíase umbilical. Não houve diferença significativa (p>0,05) entre as avermectinas utilizadas no estudo, na prevenção de miíases umbilicais.
Abstract: The research was done in two distinct properties of beef cattle raising. The first part of the experiment was executed in Santo Antônio Farm, located in Miguel Pereira city, Rio de Janeiro State, with the objective of evaluating the susceptibility and the prevalence of umbilical myiasis in the newborn calves, resultant of the crossings between Brahma pure breed bulls and 5/8 Canchim cows x 3/8 Nelore and the crossings between Nelore pure breed bulls and 5/8 Canchim/Nelore cows x 3/8 Nelore. A descriptive study with observation of the prevalence of umbilical myiasis was carried out after calves birth, in accordance with the racial origins and gender of these animals, from august to november 2006. Each matrices group, composed of 130 females, among cows, heifers, and 10 bulls of same racial origin (Nelore and Brahman), placed in 40 poles, having each one of these, two to three hectares, using the Voisin rotation system. The animals remained approximately 24 hours in each pole, after that, they had to avoid the pasture for one month. the second part of the experiment was carried out in Alegria Farm, located in Corumbá city, State of Mato Grosso do Sul, with the objective of evaluating the efficacy of medicines, to do so, were used four separated pastures of 850 hectares, containing 350 cows, approximately, and the newborn calves of these groups, were treated with the medication chosen for each of the separated pastures. The medicines used were: doramectin 200 μg/kg l.w., ivermectin 200 μg/kg l.w., ivermectin long action 200 μg/kg l.w., all, subcutaneously injected and solution of DDVP (2.2-dichlor-vinyl-dimethyl-phosphat or dichlorvos) plus triclorfon, with topic application in the umbilical area. After the elective application of the medicines in each group, it was possible to detect the prevalence of umbilical myiasis in the animals. The monitoring of the calves in the two properties was done until one month after the birth, for new evaluation of possible occurrences of umbilical myiasis. In the first part of the experiment, from 152 newborn calves41,33% of umbilical myiasis, and 77, derived from the crossing between Brahman x 5/8 Canchim/Nelore, 75 were derived from the crossing between Nelore x 5/8 Canchim/Nelore with a prevalence of 54,55%, of umbilical myiasis, not being evidenced significant difference (p>0.05). From the total of umbilical myiasis observed, 52,02% occurred in male and 47,95% in females. In the second experimental part, from 613 calves preventively treated, 24 cases of umbilical myiasis were detected, mostly in the period of heavier rains and higher temperatures. There was a significant difference (p<0.05) in the use of doramectin, ivermectin, and ivermectin long action, subcutaneously application in relation to the topic solution of DDVP + triclorfon like preventive medication to the umbilical myiasi. There was no statistical difference (p>0.05) among the avermectins used in the study, in the prevention of umbilical myiasis.
Keywords: mosca-da-bicheira
bovinos
tratamento preventivo.
screwworm
bovine
preventive treatment
???metadata.dc.subject.cnpq???: Medicina Veterinária
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Veterinária
???metadata.dc.publisher.program???: Curso de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias
Citation: PIRES, Marcus Sandes. Miíases umbilicais em bezerros Nelore recém-nascidos: predisposição de dois cruzamentos raciais criados no sistema de manejo Voisin no Rio de Janeiro e avaliação de medidas profiláticas em criação extensiva no Pantanal Sul-Mato-Grossense. 2008. 82 f. Dissertação (Mestrado em Parasitologia Veterinária). Instituto de Veterinária, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, 2008.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/tede/767
Issue Date: 22-Aug-2008
Appears in Collections:MESTRADO EM MEDICINA VETERINÁRIA (PATOLOGIA E CIÊNCIAS CLÍNICAS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008 - Marcus Sandes Pires.pdf1.27 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.