???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/tede/731
???metadata.dc.type???: Tese
Title: Pesquisadores, populações locais e áreas protegidas: entre a instabilidade dos lados e a multiplicidade estrutural das posições
Other Titles: Distinctions and similarities among researchers working on protected areas and local populations: multiplicity of "sides" and structural instability of "stands".
???metadata.dc.creator???: Gerhardt, Cleyton Henrique 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Moreira, Roberto José
???metadata.dc.description.resumo???: A relação entre populações locais e áreas protegidas é tema hoje extremamente controvertido no âmbito científico, mobilizando a atenção de cientistas interessados tanto em pesquisar questões específicas como em interferir em políticas públicas a ele direcionadas. Se há um consenso entre especialistas, é que estamos diante de um contexto discursivo caracterizado pelo dissenso, pela polifonia e por ácidos diálogos acadêmicos. Diante disso, passei a observar esse universo controvertido que marca a relação entre cientistas que, atuando nas fronteiras da ação política e da pesquisa científica, se envolveram com este debate. Como tentei mostrar, oposições, divergências, mas, também, alianças e convergências geram, dentro de um equilíbrio de forças marcado por planos de identidade/alteridade distintos, um ambiente estrutural instável. Dividi a tese em duas partes. Na primeira, problematizo e descrevo, a partir das suas respectivas publicações científicas, encontros e desencontros interpretativos protagonizados pelos autores. A segunda parte traz dois capítulos. No primeiro, trabalhei com fragmentos de diferentes trajetórias sociais e experiências de vida relatadas por 33 pesquisadores que tive a oportunidade de entrevistar, o que permitiu visualizar um quadro extremamente heterogêneo quanto às trilhas por eles percorridas. No último capítulo apresento suas observações, reflexões, avaliações e críticas sobre alguns aspectos relacionados às políticas direcionadas às populações locais e áreas protegidas. Ao final, além de apontar um inconveniente ético vinculado à abordagem do estudo que realizei, reconecto alguns aspectos discutidos ao longo da tese com vistas a indicar o caráter problemático que há por trás da cristalização de controvérsias científicas fortemente politizadas.
Abstract: The relationship between local populations and protected areas has been an extremely controversial issue. However, this divergences also extend to the scientific domain, mobilizing the attention of scientists, who are interested both in researching specific aspects and in interfering in public policies related to this issue. If there is indeed a general agreement among specialists, then it is about the fact that the discursive context of this issue is marked by dissension, polyphony and by fierce academic dialogues. Bearing this in mind, I observed this controversial world reflected in the relationships among the scientists who, by operating in the frontiers of political action and scientific research, got involved in this debate. The thesis is divided into two parts. In the first part, some interpretative similarities and dissimilarities between authors are analysed and described based on their publications. As I intend to show, antagonisms, oppositions, divergences, but also alliances, agreements and convergences generate, within a wider strength balance marked by different identity/alterity levels, a permanently unstable and inconsistent structural environment. The second part is also divided into two distinct chapters. In the first chapter, I worked on fragments of different social trajectories and life experiences reported by 33 researchers I had the opportunity to interview, which allowed an insight into an extremely heterogeneous set regarding the paths they followed. In the last chapter, I present their observations, reflections, assessments and criticism on some aspects related to policies that target local populations and protected areas.
Keywords: cientistas
áreas protegidas
populações locais
meio ambiente
unidades de conservação.
scientists
protected areas
local populations
environment
conservation units.
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL::METODOS E TECNICAS DO PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL::TECNICAS DE ANALISE E AVALIACAO URBANA E REGIONAL
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Ciências Sociais Aplicadas
???metadata.dc.publisher.program???: Curso de Pós-Graduação em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade
Citation: GERHARDT, Cleyton Henrique. Distinctions and similarities among researchers working on protected areas and local populations: multiplicity of "sides" and structural instability of "stands".. 2008. 542 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais Aplicadas) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, 2008.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/tede/731
Issue Date: 30-Aug-2008
Appears in Collections:DOUTORADO EM CIÊNCIAS SOCIAIS EM DESENVOLVIMENTO, AGRICULTURA E SOCIEDADE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CLEYTON HENRIQUE GERHARDT.pdf4.38 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.