???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/tede/558
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorFerreira, Leonardopt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/3673670911444180por
dc.contributor.advisor1Fonseca, Carlos Elysio Moreira dapt_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9840042151650119por
dc.date.accessioned2016-04-28T14:59:40Z-
dc.date.available2011-04-13pt_BR
dc.date.issued2010-02-24pt_BR
dc.identifier.citationFERREIRA, Leonardo. Performance and carcass features of purebred and crossbred goat kids. 2010.. 2010. 59 f. Dissertação (Mestrado em Produção Animal) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, 2010.por
dc.identifier.urihttps://tede.ufrrj.br/jspui/handle/tede/558-
dc.description.resumoEste trabalho foi realizado objetivando avaliar o desempenho produtivo de cabritos e cabritas Anglo-Nubianos e mestiços Boer x Anglo-Nubiana (1/2 BA) e 3/4 Boer + 1/4 sem raça definida (3/4 BS) e as características de carcaça dos machos. Utilizaram-se 12 cabritos e 12 cabritas, que foram mantidos totalmente confinados, sendo amamentados com leite de cabra e de vaca em uma proporção de 1:1. A partir da segunda semana de idade os cabritos foram alimentados com feno de tifton e concentrado farelado, em uma relação de 40:60. Os animais foram pesados, ao nascimento e semanalmente pela manhã. As medições zoométricas foram realizadas quinzenalmente. Os cabritos foram abatidos com peso corporal entre 20 e 25kg. Os mestiços 3/4 BS foram superiores aos demais grupamentos raciais no desenvolvimento ponderal, o que indicou a influência da composição racial Boer nos mestiços. Entretanto tal superioridade não foi observada no comparativo entre os mestiços 1/2 BA e os Anglo-Nubianos, denotando não ter havido melhoramento na F1 por influência do grau de sangue Boer. Os melhores resultados dos mestiços Boer sobre os Anglo-Nubianos nos pesos ao abate e do corpo vazio não se refletiram na maior parte das características da carcaça. Contudo, o percentual Boer dos mestiços determinou maior proporção de gordura na carcaça, podendo indicar uma melhora na proteção da carcaça em relação ao encurtamento pelo frio, no seu armazenamento em baixas temperaturas. As equações propostas por Hankins & Howe, para avaliação de carcaças bovinas, não são compatíveis para carcaça de caprinos jovens. Não foi possível desenvolver equação de predição para proporção do tecido ósseo a partir da secção HH. Por outro lado, a utilização da paleta possibilitou a predição confiável da composição tecidual da carcaça.por
dc.description.abstractThis work was carried out aiming to evaluate the performance of purebred Anglo-Nubian and several Boer crossbreds (1/2 Boer + 1/2 Anglo-Nubian 1/2 BA and 3/4 Boer + 1/4 Undefined breed 3/4 BU) and male carcass features. 12 males and 12 females were confined and artificially milked twice a day with cow and goat milk, in rate of 1:1. From the second week on they received Tifton hay and concentrate, in rate of 40:60. They were weighed at birth and weekly early in the morning, before feeding. Zoometrical measurements were made in the morning even two weeks. The male kids were slaughtered between 20 and 25 kg of body weight. The crossbreds 3/4 BU were greater than others genetic groups in weight gain, denoting the Boer percentage influence in the crossbreds. However the crossbreds 1/2 BA weren´t greater than Anglo-Nubians purebred in weight gain. Therefore, the Boer genes percentage didn´t improvement the offspring results. The crossbred advantages in weigh at slaughter and empty body weight didn´t influence in carcass traits majority. Nevertheless, as bigger the Boer genes percentage, the fatter was the carcass. This may suggests a better carcass protection to cold shortening. The Hankins & Howe´s prediction equations, for carcass bovine evaluation, were not consistent to kid goats carcass. Was impossible to develop bone tissue prediction equation by HH section. On the other hand, the shoulder allowed a trustful prediction of tissue composition of carcass.eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2016-04-28T14:59:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1 LeonardoFerreira PDF.pdf: 340498 bytes, checksum: 3f4802a4a87c81e1c9c6d8da02697789 (MD5) Previous issue date: 2010-02-24eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttps://tede.ufrrj.br/retrieve/4067/LeonardoFerreira%20PDF.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal Rural do Rio de Janeiropor
dc.publisher.departmentProdução Animalpor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUFRRJpor
dc.publisher.programCurso de Pós-Graduação em Zootecniapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectbiometriapor
dc.subjectcabritospor
dc.subjectganho de pesopor
dc.subjectrelação músculo:gordura.por
dc.subjectbody measurementseng
dc.subjectkidseng
dc.subjectmuscle: fat relationshipeng
dc.subjectweight gain.eng
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::PRODUCAO ANIMALpor
dc.titleDesempenho produtivo e características de carcaça de caprinos com diferentes composições raciais. 2010.por
dc.title.alternativePerformance and carcass features of purebred and crossbred goat kids. 2010.eng
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Mestrado em Zootecnia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LeonardoFerreira PDF.pdf332.52 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.