???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/tede/437
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Fenologia de Senna macranthera (Collad.) Irwin & Barneby e Senna multijuga (Rich.) Irwin & Barneby no Parque Nacional da Serra dos Órgãos e na área urbana de Teresópolis - RJ
Other Titles: Phenology of Senna macranthera (Collad.) Irwin & Barneby and Senna multijuga (Rich.) Irwin & Barneby in Serra dos Órgãos National Park and urban area of Teresopolis RJ.
???metadata.dc.creator???: Oberlaender, Elizabeth Romito
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Lima, Haroldo Cavalcante de
???metadata.dc.description.resumo???: O presente estudo apresenta o comportamento fenológico de duas espécies de leguminosas arbóreas da Mata Atlântica (Senna macranthera e Senna multijuga). A coleta de dados foi realizada em duas localidades com marcantes diferenças fisionômicas, no município de Teresópolis, Estado do Rio de Janeiro (UA1 Área de floresta no Parque Nacional da Serra dos Órgãos e UA2 Área urbana de Teresópolis), no período de um ano (janeiro de 2005 a janeiro de 2006). Os resultados são discutidos com enfoque na atividade e intensidade das fenofases e das relações dos eventos fenológicos com diferentes fatores climáticos. As observações fenológicas nos indivíduos marcados foram mensais e as fenofases queda foliar, brotamento, floração (botões florais e antese) e frutificação (frutos imaturos e maduros) foram quantificadas pelo método de Fournier, onde a intensidade dos eventos fenológicos foi estimada para cada indivíduo, utilizando-se uma escala de 0 a 4 com intervalo de 25% entre cada classe. O ritmo anual das fenofases foi caracterizado pela maior intensidade de queda de folhas no período com temperaturas médias mais baixas e menor precipitação (agosto-setembro), pelo brotamento no período de temperaturas médias mais elevadas e no início do período com maior precipitação (outubro-dezembro), pela floração no período de temperaturas médias mais elevadas e maior precipitação (janeiro-abril), e pela maturação dos frutos no período com temperaturas médias mais baixas e menor precipitação (julho-setembro). Com base nos resultados obtidos para as espécies estudadas, pode-se concluir que a metodologia empregada e a freqüência das observações foram suficientes para definir os períodos de atividade e intensidade das fenofases, porém não foi possível determinar os padrões fenológicos pois, para isso, seria necessário um período mais longo de observações. Diferenças foram observadas no comportamento fenológico das espécies, nas duas áreas de estudo, sugerindo que as características fisionômicas locais podem estar influenciando a duração e a intensidade de algumas fenofases, principalmente da floração.
Abstract: This study shows the phenological behavior of two Leguminosae tree species of Atlantic Forest, in two areas with great physiognomic differences, in Teresopolis City, Rio de Janeiro State (UA1 Forest area in Serra dos Órgãos National Park and UA2 Urban area of Teresopolis) in a year period (from January/2005 to January/2006). The results are discussed focusing the activity and intensity of phenological events and the relation of these events with different climatic factors. Phenological observations, in marked individuals, were made monthly and the events: leaf fall, leaf flushing, flowering (bud flowers and anthesis) and fruiting (unripe fruits and ripe fruits) were quantified by the Fournier s method, where the intensity of the phenological events were estimated to each individual, using a scale from 0 to 4 with 25% intervals among each class. The annual rhythm of phenological events were characterized by leaf fall in a less wet period (August-September), leaf flushing in a hotter period and in the beginning of the wet period (October-December), flowering in the hottest and wet period (January-April), and the maturation of the fruits in the colder and less wet period (July-September). Differences were observed in the phenological behavior of the species in the two areas of study, suggesting that the physiognomic local characteristics maybe are influencing the duration and intensity of some phenological events, mainly flowering.
Keywords: fenologia
leguminosae
Mata Atlântica
phenology
leguminosae
Atlantic Forest.
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::CONSERVACAO DA NATUREZA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Ciências Agrárias
???metadata.dc.publisher.program???: Curso de Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Florestais
Citation: OBERLAENDER, Elizabeth Romito. Phenology of Senna macranthera (Collad.) Irwin & Barneby and Senna multijuga (Rich.) Irwin & Barneby in Serra dos Órgãos National Park and urban area of Teresopolis RJ.. 2006. 54 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, 2006.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/tede/437
Issue Date: 28-Aug-2006
Appears in Collections:MESTRADO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS E FLORESTAIS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2006-Elizabeth Romito Oberlaender.pdf1.31 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.