???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/tede/39
???metadata.dc.type???: Tese
Title: Síntese, caracterização e atividade antileishmania de derivados das classes 4-aril-3,4-diidrocumarinas, pirazolo[3,4-b]piridin-6-onas e N,N -difenil-benzamidinas
???metadata.dc.creator???: Santos, Cláudio Eduardo Rodrigues dos 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Lima, áurea Echevarria Aznar N.
???metadata.dc.description.resumo???: Este trabalho relata a preparação de uma série de 9 compostos da classe 4-aril-3,4- diidrocumarinas (neoflavononas) e 12 compostos análogos nitrogenados, pirazolo[3,4- b]piridin-6-onas. Os compostos das duas classes, de modo geral, foram obtidos com rendimentos moderados a muito bons (40-95%), em tempos notáveis (7 a 20 minutos) utilizando irradiação de microondas. Sintetizou-se, também, uma série de 22 compostos da classe N,N -difenil-benzamidinas obtendo-se rendimentos de moderados a bons (50- 86%). Dentre os compostos sintetizados, 4 4-aril-3,4-diidrocumarinas, 9 pirazolo[3,4- b]piridin-6-onas e 20 N,N -difenil-benzamidinas são inéditos na literatura. Todos os compostos foram devidamente caracterizados por técnicas espectrométricas de rotina como IV, RMN de 1H, 13C, e CG-EM, e para a confirmação das estruturas das pirazolo[3,4-b]piridin-6-ona foi utilizado, ainda, 1Hx1H NOESY. Através da análise dos valores de entalpias de formação (hamiltoniano PM3), pôde-se constatar que as formas tautoméricas amínicas e imínicas dos derivados N,N -difenil-benzamidinas apresentaram-se em proporções equivalentes, com exceções dos 165i e 165v. As 4-aril- 3,4-diidrocumarinas e 18 derivados N,N -difenil-benzamidinas foram avaliadas frente à Leishmania amazonensis na forma de promastigotas. As 4-aril-3,4-diidrocumarinas não tiveram ação anti-leishmania significativa (até 300M) ao contrário das N,N -difenilbenzamidinas, destacando-se os derivados 165b (CI50=13,07M), 165p (CI50=12,82M) e 165i (CI50=16,71M) que apresentaram atividade anti-leishmania comparável ao fármaco de controle, a pentamidina (CI50=11,26M). Além disso, foram realizadas análises de QSAR-2D obtendo-se modelos razoáveis (r > 0,90), indicando que substituintes retiradores de elétrons favorecem a atividade anti-leishmania. Palavras chaves: 4-aril-3,4-diidrocumarinas, pirazolo[3,4-b]piridin-6-ona, N,N -difenilbenzamidina, atividade anti-leishmaniaEste trabalho relata a preparação de uma série de 9 compostos da classe 4-aril-3,4- diidrocumarinas (neoflavononas) e 12 compostos análogos nitrogenados, pirazolo[3,4- b]piridin-6-onas. Os compostos das duas classes, de modo geral, foram obtidos com rendimentos moderados a muito bons (40-95%), em tempos notáveis (7 a 20 minutos) utilizando irradiação de microondas. Sintetizou-se, também, uma série de 22 compostos da classe N,N -difenil-benzamidinas obtendo-se rendimentos de moderados a bons (50- 86%). Dentre os compostos sintetizados, 4 4-aril-3,4-diidrocumarinas, 9 pirazolo[3,4- b]piridin-6-onas e 20 N,N -difenil-benzamidinas são inéditos na literatura. Todos os compostos foram devidamente caracterizados por técnicas espectrométricas de rotina como IV, RMN de 1H, 13C, e CG-EM, e para a confirmação das estruturas das pirazolo[3,4-b]piridin-6-ona foi utilizado, ainda, 1Hx1H NOESY. Através da análise dos valores de entalpias de formação (hamiltoniano PM3), pôde-se constatar que as formas tautoméricas amínicas e imínicas dos derivados N,N -difenil-benzamidinas apresentaram-se em proporções equivalentes, com exceções dos 165i e 165v. As 4-aril- 3,4-diidrocumarinas e 18 derivados N,N -difenil-benzamidinas foram avaliadas frente à Leishmania amazonensis na forma de promastigotas. As 4-aril-3,4-diidrocumarinas não tiveram ação anti-leishmania significativa (até 300M) ao contrário das N,N -difenilbenzamidinas, destacando-se os derivados 165b (CI50=13,07M), 165p (CI50=12,82M) e 165i (CI50=16,71M) que apresentaram atividade anti-leishmania comparável ao fármaco de controle, a pentamidina (CI50=11,26M). Além disso, foram realizadas análises de QSAR-2D obtendo-se modelos razoáveis (r > 0,90), indicando que substituintes retiradores de elétrons favorecem a atividade anti-leishmania. Palavras chaves: 4-aril-3,4-diidrocumarinas, pirazolo[3,4-b]piridin-6-ona, N,N -difenilbenzamidina, atividade anti-leishmaniaEste trabalho relata a preparação de uma série de 9 compostos da classe 4-aril-3,4- diidrocumarinas (neoflavononas) e 12 compostos análogos nitrogenados, pirazolo[3,4- b]piridin-6-onas. Os compostos das duas classes, de modo geral, foram obtidos com rendimentos moderados a muito bons (40-95%), em tempos notáveis (7 a 20 minutos) utilizando irradiação de microondas. Sintetizou-se, também, uma série de 22 compostos da classe N,N -difenil-benzamidinas obtendo-se rendimentos de moderados a bons (50- 86%). Dentre os compostos sintetizados, 4 4-aril-3,4-diidrocumarinas, 9 pirazolo[3,4- b]piridin-6-onas e 20 N,N -difenil-benzamidinas são inéditos na literatura. Todos os compostos foram devidamente caracterizados por técnicas espectrométricas de rotina como IV, RMN de 1H, 13C, e CG-EM, e para a confirmação das estruturas das pirazolo[3,4-b]piridin-6-ona foi utilizado, ainda, 1Hx1H NOESY. Através da análise dos valores de entalpias de formação (hamiltoniano PM3), pôde-se constatar que as formas tautoméricas amínicas e imínicas dos derivados N,N -difenil-benzamidinas apresentaram-se em proporções equivalentes, com exceções dos 165i e 165v. As 4-aril- 3,4-diidrocumarinas e 18 derivados N,N -difenil-benzamidinas foram avaliadas frente à Leishmania amazonensis na forma de promastigotas. As 4-aril-3,4-diidrocumarinas não tiveram ação anti-leishmania significativa (até 300M) ao contrário das N,N -difenilbenzamidinas, destacando-se os derivados 165b (CI50=13,07M), 165p (CI50=12,82M) e 165i (CI50=16,71M) que apresentaram atividade anti-leishmania comparável ao fármaco de controle, a pentamidina (CI50=11,26M). Além disso, foram realizadas análises de QSAR-2D obtendo-se modelos razoáveis (r > 0,90), indicando que substituintes retiradores de elétrons favorecem a atividade anti-leishmania. Palavras chaves: 4-aril-3,4-diidrocumarinas, pirazolo[3,4-b]piridin-6-ona, N,N -difenilbenzamidina, atividade anti-leishmaniaEste trabalho relata a preparação de uma série de 9 compostos da classe 4-aril-3,4- diidrocumarinas (neoflavononas) e 12 compostos análogos nitrogenados, pirazolo[3,4- b]piridin-6-onas. Os compostos das duas classes, de modo geral, foram obtidos com rendimentos moderados a muito bons (40-95%), em tempos notáveis (7 a 20 minutos) utilizando irradiação de microondas. Sintetizou-se, também, uma série de 22 compostos da classe N,N -difenil-benzamidinas obtendo-se rendimentos de moderados a bons (50- 86%). Dentre os compostos sintetizados, 4 4-aril-3,4-diidrocumarinas, 9 pirazolo[3,4- b]piridin-6-onas e 20 N,N -difenil-benzamidinas são inéditos na literatura. Todos os compostos foram devidamente caracterizados por técnicas espectrométricas de rotina como IV, RMN de 1H, 13C, e CG-EM, e para a confirmação das estruturas das pirazolo[3,4-b]piridin-6-ona foi utilizado, ainda, 1Hx1H NOESY. Através da análise dos valores de entalpias de formação (hamiltoniano PM3), pôde-se constatar que as formas tautoméricas amínicas e imínicas dos derivados N,N -difenil-benzamidinas apresentaram-se em proporções equivalentes, com exceções dos 165i e 165v. As 4-aril- 3,4-diidrocumarinas e 18 derivados N,N -difenil-benzamidinas foram avaliadas frente à Leishmania amazonensis na forma de promastigotas. As 4-aril-3,4-diidrocumarinas não tiveram ação anti-leishmania significativa (até 300M) ao contrário das N,N -difenilbenzamidinas, destacando-se os derivados 165b (CI50=13,07M), 165p (CI50=12,82M) e 165i (CI50=16,71M) que apresentaram atividade anti-leishmania comparável ao fármaco de controle, a pentamidina (CI50=11,26M). Além disso, foram realizadas análises de QSAR-2D obtendo-se modelos razoáveis (r > 0,90), indicando que substituintes retiradores de elétrons favorecem a atividade anti-leishmania. Palavras chaves: 4-aril-3,4-diidrocumarinas, pirazolo[3,4-b]piridin-6-ona, N,N -difenilbenzamidina, atividade anti-leishmaniaEste trabalho relata a preparação de uma série de 9 compostos da classe 4-aril-3,4- diidrocumarinas (neoflavononas) e 12 compostos análogos nitrogenados, pirazolo[3,4- b]piridin-6-onas. Os compostos das duas classes, de modo geral, foram obtidos com rendimentos moderados a muito bons (40-95%), em tempos notáveis (7 a 20 minutos) utilizando irradiação de microondas. Sintetizou-se, também, uma série de 22 compostos da classe N,N -difenil-benzamidinas obtendo-se rendimentos de moderados a bons (50- 86%). Dentre os compostos sintetizados, 4 4-aril-3,4-diidrocumarinas, 9 pirazolo[3,4- b]piridin-6-onas e 20 N,N -difenil-benzamidinas são inéditos na literatura. Todos os compostos foram devidamente caracterizados por técnicas espectrométricas de rotina como IV, RMN de 1H, 13C, e CG-EM, e para a confirmação das estruturas das pirazolo[3,4-b]piridin-6-ona foi utilizado, ainda, 1Hx1H NOESY. Através da análise dos valores de entalpias de formação (hamiltoniano PM3), pôde-se constatar que as formas tautoméricas amínicas e imínicas dos derivados N,N -difenil-benzamidinas apresentaram-se em proporções equivalentes, com exceções dos 165i e 165v. As 4-aril- 3,4-diidrocumarinas e 18 derivados N,N -difenil-benzamidinas foram avaliadas frente à Leishmania amazonensis na forma de promastigotas. As 4-aril-3,4-diidrocumarinas não tiveram ação anti-leishmania significativa (até 300M) ao contrário das N,N -difenilbenzamidinas, destacando-se os derivados 165b (CI50=13,07M), 165p (CI50=12,82M) e 165i (CI50=16,71M) que apresentaram atividade anti-leishmania comparável ao fármaco de controle, a pentamidina (CI50=11,26M). Além disso, foram realizadas análises de QSAR-2D obtendo-se modelos razoáveis (r > 0,90), indicando que substituintes retiradores de elétrons favorecem a atividade anti-leishmania. Palavras chaves: 4-aril-3,4-diidrocumarinas, pirazolo[3,4-b]piridin-6-ona, N,N -difenilbenzamidina, atividade anti-leishmaniaEste trabalho relata a preparação de uma série de 9 compostos da classe 4-aril-3,4- diidrocumarinas (neoflavononas) e 12 compostos análogos nitrogenados, pirazolo[3,4- b]piridin-6-onas. Os compostos das duas classes, de modo geral, foram obtidos com rendimentos moderados a muito bons (40-95%), em tempos notáveis (7 a 20 minutos) utilizando irradiação de microondas. Sintetizou-se, também, uma série de 22 compostos da classe N,N -difenil-benzamidinas obtendo-se rendimentos de moderados a bons (50- 86%). Dentre os compostos sintetizados, 4 4-aril-3,4-diidrocumarinas, 9 pirazolo[3,4- b]piridin-6-onas e 20 N,N -difenil-benzamidinas são inéditos na literatura. Todos os compostos foram devidamente caracterizados por técnicas espectrométricas de rotina como IV, RMN de 1H, 13C, e CG-EM, e para a confirmação das estruturas das pirazolo[3,4-b]piridin-6-ona foi utilizado, ainda, 1Hx1H NOESY. Através da análise dos valores de entalpias de formação (hamiltoniano PM3), pôde-se constatar que as formas tautoméricas amínicas e imínicas dos derivados N,N -difenil-benzamidinas apresentaram-se em proporções equivalentes, com exceções dos 165i e 165v. As 4-aril- 3,4-diidrocumarinas e 18 derivados N,N -difenil-benzamidinas foram avaliadas frente à Leishmania amazonensis na forma de promastigotas. As 4-aril-3,4-diidrocumarinas não tiveram ação anti-leishmania significativa (até 300M) ao contrário das N,N -difenilbenzamidinas, destacando-se os derivados 165b (CI50=13,07M), 165p (CI50=12,82M) e 165i (CI50=16,71M) que apresentaram atividade anti-leishmania comparável ao fármaco de controle, a pentamidina (CI50=11,26M). Além disso, foram realizadas análises de QSAR-2D obtendo-se modelos razoáveis (r > 0,90), indicando que substituintes retiradores de elétrons favorecem a atividade anti-leishmania. Palavras chaves: 4-aril-3,4-diidrocumarinas, pirazolo[3,4-b]piridin-6-ona, N,N -difenilbenzamidina, atividade anti-leishmaniaEste trabalho relata a preparação de uma série de 9 compostos da classe 4-aril-3,4- diidrocumarinas (neoflavononas) e 12 compostos análogos nitrogenados, pirazolo[3,4- b]piridin-6-onas. Os compostos das duas classes, de modo geral, foram obtidos com rendimentos moderados a muito bons (40-95%), em tempos notáveis (7 a 20 minutos) utilizando irradiação de microondas. Sintetizou-se, também, uma série de 22 compostos da classe N,N -difenil-benzamidinas obtendo-se rendimentos de moderados a bons (50- 86%). Dentre os compostos sintetizados, 4 4-aril-3,4-diidrocumarinas, 9 pirazolo[3,4- b]piridin-6-onas e 20 N,N -difenil-benzamidinas são inéditos na literatura. Todos os compostos foram devidamente caracterizados por técnicas espectrométricas de rotina como IV, RMN de 1H, 13C, e CG-EM, e para a confirmação das estruturas das pirazolo[3,4-b]piridin-6-ona foi utilizado, ainda, 1Hx1H NOESY. Através da análise dos valores de entalpias de formação (hamiltoniano PM3), pôde-se constatar que as formas tautoméricas amínicas e imínicas dos derivados N,N -difenil-benzamidinas apresentaram-se em proporções equivalentes, com exceções dos 165i e 165v. As 4-aril- 3,4-diidrocumarinas e 18 derivados N,N -difenil-benzamidinas foram avaliadas frente à Leishmania amazonensis na forma de promastigotas. As 4-aril-3,4-diidrocumarinas não tiveram ação anti-leishmania significativa (até 300M) ao contrário das N,N -difenilbenzamidinas, destacando-se os derivados 165b (CI50=13,07M), 165p (CI50=12,82M) e 165i (CI50=16,71M) que apresentaram atividade anti-leishmania comparável ao fármaco de controle, a pentamidina (CI50=11,26M). Além disso, foram realizadas análises de QSAR-2D obtendo-se modelos razoáveis (r > 0,90), indicando que substituintes retiradores de elétrons favorecem a atividade anti-leishmania.
Abstract: This work describes the preparation of a series of 9 compounds from the 4-aryl-3,4- dihydrocoumarins class (neoflavonoids), and another series of 12 compounds from a similar class, the pyarazolo[3,4-b]pyridin-6-ones. Generally speaking, modest to very good yields (40 -95%) were obtained for both classes, in remarkable time (7 to 20 minutes) using microwave irradiation. A series of 22 compounds from the N,N'- diphenyl-benzamidine class had also been synthesized, and the compounds were obtained in good yields (50-86%).Among the synthesized compounds, 4 4-aryl-3,4- dihydrocoumarins, 8 pyrazolo[3,4-b]pyridin-6-ones and 20 N,N'-diphenyl-benzamidine are new in the literature. All compounds were fully characterized by spectroscopic routine analysis of IR, 1H and 13C NMR and GC-MS. In addition, 1Hx1H NOESY was used in order to confirm the structures of the pyrazolo[3,4-b]pyridin-6-ones. Through the analysis of the formation heat values (hamiltoniano PM3), two tautomeric forms, aminics and iminics, of the N,N'-difenil-benzamidina compounds were found in equivalent proportions, with the exception of 165i and 165v, which have aminics forms in higher proportion, 57 (70% experimental) and 72%, respectively. Antileishmanial assays were performed with 4-aryl-3,4-dihydrocoumarins, and other 18 N,N'-diphenylbenzamidines, in collaboration with Laboratório de Bioquímica de Tripanomassomatídeos FIOCRUZ. Although, 4-aryl-3,4-dihydrocoumarins did not show significant antileishmanial activity (> 300 M); the N,N'-diphenyl-benzamidine compounds 165b (13,07 M), 165p (12,82 M) and 165i (16,71 M), stood out; and they presented antileishmanial activity comparable to the control drug, the pentamidine (11,26 M). Moreover, QSAR-2D analysis had been performed, in which reasonable models were obtained (r> 0,90); indicating that electron withdrawing groups favors the antileishmanial activity.
Keywords: 4-aril-3,4-diidrocumarinas
pirazolo[3,4-b]piridin-6-ona
N,N -difenilbenzamidina
atividade anti-leishmania
4-aryl-3,4-dihydrocoumarins
pyarazolo[3,4-b]pyridin-6-ones
antileishmanial activity
???metadata.dc.subject.cnpq???: Química
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Ciências Exatas
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Química
Citation: SANTOS, Cláudio Eduardo Rodrigues dos. Síntese, caracterização e atividade antileishmania de derivados das classes 4-aril-3,4-diidrocumarinas, pirazolo[3,4-b]piridin-6-onas e N,N -difenil-benzamidinas.. 2008. 157 f. Tese (Doutorado em Química Orgânica). Instituto de Ciências Exatas, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, 2008.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/tede/39
Issue Date: 23-Sep-2008
Appears in Collections:DOUTORADO EM QUÍMICA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008- Cláudio Eduardo Rodrigues dos Santos.pdf25.95 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.