???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/tede/248
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Caracterização e avaliação do uso agrícola de humatos de vermicomposto
???metadata.dc.creator???: Rodda, Maria Rita Cardoso 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Santos, Gabriel de Araújo
First advisor-co: Guerra, José Guilherme Marinho
Second Advisor-co: Almeida, Dejair Lopes de
???metadata.dc.description.resumo???: Os objetivos deste trabalho foram de caracterizar os humatos de diferentes fontes de vermicomposto (esterco de curral - HV1, esterco de curral + bagaço de cana-de-açúcar - HV2, esterco de curral + leguminosa - HV3 e esterco de curral + bagaço de cana-de-açúcar + leguminosa - HV4) e avaliar o crescimento das plântulas de milho e alface, utilizando área e comprimento radiculares como indicadores fisiológicos e número de sítios mitóticos e atividade da H+-ATPase como indicadores bioquímicos. A caracterização química dos humatos revelou que a substituição da fonte de matéria orgânica para a vermicompostagem produz substâncias húmicas semelhantes. Entretanto, algumas diferenças quanto as características espctroscópicas foram observadas. Pode-se notar que o HV1 obteve maior relação E4/E6 e maior intensidade de fluorescência, indicando ser o mais quimicamente estável e humificado. No ensaio I foram testados os humatos de vermicomposto em plântulas de alface e pode-se observar que o HV1 proporcionou incremento da área e comprimento radiculares e estimulou a atividade à vanadato sensível de hidrólise de ATP na fração microssomal em relação ao controle, enquanto que o HV2 e HV3 inibiram o incremento e o estímulo. No ensaio II foram testadas as doses de humatos extraídos de HV1 nas plântulas de alface. O melhor incremento na área e comprimento radiculares e estímulo da atividade à vanadato sensível de hidrólise de ATP foi encontrado na concentração de 25 mg C. L-1 e a medida que as concentrações se elevam os incrementos e estímulo decaem. No ensaio 3 os humatos de vermicomposto foram extraídos e testados em milho. Pode-se observar que HV1 foi o que proporcionou melhor aumento da área e comprimento radiculares, massas - seca e fresca -e número de sítios mitóticos elevados, entretanto o estímulo da V-ATPase foi superior com HV2 e o da H+ - Ppiase com HV3. Através dos experimentos pode-se perceber que o esterco bovino dos vermicompostos pode ser parcialmente substituído por outro material orgânico menos nobre, sem que haja alterações relevantes nas características químicas. Os humatos afetam positivamente o crescimento das plantas através das H+ - ATPases, devido a sua ação hormonal. Elevadas concentrações reduzem o crescimento e a hidrólise de ATP das raízes. As bombas do vacúolo funcionam de forma diferente em relação a da membrana plasmática, quando em contato com ácidos húmicos.
Keywords: vermicompostagem
substâncias húmicas
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::CIENCIA DO SOLO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Ciências Agrárias
???metadata.dc.publisher.program???: Curso de Pós-Graduação em Agronomia - Ciência do Solo
Citation: RODDA, Maria Rita Cardoso. Caracterização e avaliação do uso agrícola de humatos de vermicomposto. 2003. 60 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, 2003.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/tede/248
Issue Date: 26-Feb-2003
Appears in Collections:MESTRADO EM AGRONOMIA - CIÊNCIA DO SOLO

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2003-Maria Rita Cardoso Rodda.pdf189.99 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.