???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2946
???metadata.dc.type???: Tese
Title: O que seis anos de marcação-recaptura revelam sobre a população de boto-cinza da parte oeste da Baía da Ilha Grande, litoral sul do Rio de Janeiro
Other Titles: What a six-year mark-recapture study reveals about the Guiana dolphin population in western Ilha Grande Bay, southern Rio de Janeiro coast
???metadata.dc.creator???: ESPÉCIE, Mariana de Assis 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Simão, Sheila Marino
???metadata.dc.contributor.referee1???: Simão, Sheila Marino
???metadata.dc.contributor.referee2???: Lopes, Paulo César Simões
???metadata.dc.contributor.referee3???: Barreto, André Silva
???metadata.dc.contributor.referee4???: Nogueira, Denise Monnerat
???metadata.dc.contributor.referee5???: Ferreira, Ildemar
???metadata.dc.description.resumo???: Esta tese reúne os resultados obtidos através da técnica de foto-identificação durante seis anos de monitoramento da população de boto-cinza (Sotalia guianensis, Van Bénéden, 1864) que habita a parte oeste da Baía da Ilha Grande, litoral sul do Estado do Rio de Janeiro. Ao todo, 666 indivíduos foram catalogados, sendo que 47% (n = 249) dos botos classificados como residentes foram vistos em intervalos de tempo superiores a cinco anos, ressaltando a elevada fidelidade da espécie ao local. Os seis indivíduos que apresentaram os maiores índices de fidelidade, identificados como fêmeas por um estudo conduzido em paralelo a este, tiveram suas áreas centrais de atividade restritas a uma pequena área, que variou de 0,14 a 1,71 km2, localizada no entorno da Ilha Comprida. Estimativas geradas através do desenho robusto de Pollock evidenciaram a ocorrência de emigração temporária na população. No intuito de buscar a melhor caracterização da população estudada, os períodos primários foram definidos numa base anual e sazonal ( este último considerando o período de chuvas na região). Em ambas escalas temporais consideradas, o padrão de movimentos dos botos-cinza da área de estudo parece seguir o modelo Markoviano, com variação temporal na probabilidade de emigração temporária e constância na probabilidade de estar fora da área de estudo. Dessa forma, fica ressaltada a filopatria da espécie ao local numa escala anual e uma maior flexibilidade de seu uso numa perspectiva sazonal. A sobrevivência anual aparente foi estimada em 0,92 (± 0,02). De acordo com a ponderação dos modelos do desenho robusto, a abundância anual, incluindo a proporção de indivíduos marcados da população, ficou estimada entre 420 e 757 indivíduos. A área de vida da população foi pequena (kernel 95% = 39,8 km2), com seus centros de atividades restritos ao entorno das ilhas Comprida e do Cedro (kernel 50% = 8,8 km2), havendo diferenças estatisticamente significativas nos tamanhos das áreas entre as estações seca e chuvosa. Embora a população tenha apresentado tendência a uma estabilidade ao longo dos seis anos de estudo, observou-se por meio da construção de cenários, que, caso as taxas de mortalidade atuais sejam mantidas, a população poderá ser reduzida à metade nos próximos 100 anos. Em um prognóstico mais pessimista, caraterizado pela piora nas condições ambientais locais e aumento da pressão de pesca, os botos poderão ser localmente extintos dentro do mesmo período. Neste contexto, a adoção de medidas que visem reduzir a taxa de mortalidade desses animais deve ser incentivada para proteger a espécie. As simulações indicam que tais medidas poderiam promover o crescimento da população ou, minimamente, mantê-la estável. Sendo assim, espera-se que os resultados deste monitoramento sirvam de base para o processo de tomada de decisão, mediante uma proposta preventiva, considerando o estabelecimento de uma unidade de conservação para a espécie na região.
Abstract: This thesis contains results gathered using the photo-ID technique during a six-year monitoring period ofthe Guiana dolphin (Sotalia guianensis, Van Bénéden, 1864) population that inhabits western Ilha Grande Bay, southern Rio de Janeiro coast. A total of 666 distinct dolphins were catalogued, wherein 4 7% (n = 249) of resident dolphins were seen for more than five years, highlighting the species' high site fidelity. The six most site faithful individuais, identified as females by a study conducted in parallel to this, had their core areas restricted to a small area, ranging from O .14 to 1. 71 km2, around Comprida Island. Estimates provided by Po llock' s ro bust design have shown the occurrence oftemporary emigration in the population. ln order to better characterize the studied population, primary periods were defined in an annual and seasonal basis (with the latter one taking into account the local rainy season). ln both temporal approaches, movement patterns of Guiana dolphins from study area seemed to follow a Markovian model, with time-varying temporary emigration and constant probability of being offthe study area. Thereby, considering an annual scale, it is highlighted the species' philopatry to the referred bay and a wide flexibility in terms of its usage from a seasonal perspective. Annual apparent survival was of 0.92 (± 0.02). According to robust design model averaging, annual abundance estimates, including the proportion of marked individuais ofthe population, varied between 420 and 757 individuais. Overall, the studied Guiana dolphin population has small home range (kernel 95% = 39.8 km2), with core areas restricted to the vicinity of Comprida and Cedro Islands (kernel 50% = 8.8 km2) and significant statistical differences between wet and dry seasons' home range sizes. Although the population remained stable o ver the six-year monitoring period, scenario designing with its current mortality rates have raised concerns about a probable reduction of the population size in the next 100 years. From a pessimistic perspective, characterized by deterioration in local environmental conditions and increasing fishing effort by artisanal and industrial fishermen, the Guiana dolphin could be locally extinct over the sarne period. ln that sense, efforts to reduce the observed mortality rates should be encouraged to protect the species. Simulations have suggested that such intervention would promote a population growth or, minimally, remain it constant over time. Thus, it is expected that the results gathered by this study may underpin the decision-making process, through the precautionary approach, regarding the establishment of a marine protected area for the species at the area.
Keywords: boto-cinza
parâmetros demográficos
área de vida
estratégias de manejo
Baía da Ilha Grande
Guiana dolphin
demographic parameters
home range
management strategies
Ilha Grande Bay
???metadata.dc.subject.cnpq???: Zoologia
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Ciências Biológicas e da Sáude
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal
Citation: ESPÉCIE, Mariana de Assis. O que seis anos de marcação-recaptura revelam sobre a população de boto-cinza da parte oeste da Baía da Ilha Grande, litoral sul do Rio de Janeiro. 2015. 120 f. Tese (Doutorado em Biologia Animal). Instituto de Biologia, Departamento de Biologia Animal, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, 2015.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2946
Issue Date: 30-Mar-2015
Appears in Collections:DOUTORADO EM BIOLOGIA ANIMAL

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015 - Mariana de Assis Espécie.pdfDocumento principal7.24 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.