???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2823
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Os morcegos frugívoros Carollia perspicillata e Sturnira lilium apresentam distribuição de atividade similar durante a noite? Uma análise local e regional
Other Titles: The fruit bats Carollia perspicillata and Sturnira lilium have similar activity distribuition overnight? A local and regional analysis
???metadata.dc.creator???: PEDROZO, Ayesha Ribeiro 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Esbérard, Carlos Eduardo Lustosa
???metadata.dc.contributor.referee1???: Esbérard, Carlos Eduardo Lustosa
???metadata.dc.contributor.referee2???: Pires, Alexandra dos Santos
???metadata.dc.contributor.referee3???: Mello, Marco Aurélio Ribeiro de
???metadata.dc.contributor.referee4???: Dias, Daniela
???metadata.dc.contributor.referee5???: Nunes-Freitas, André Felipe
???metadata.dc.description.resumo???: A luminosidade da Lua e as diferenças na composição do habitat são alguns fatores que influenciam na atividade dos morcegos frugívoros. Estudos sobre a distribuição da atividade destes animais são importantes para conhecer como e quando esses animais forrageiam e alguns dos mecanismos que permitem a coexistência de espécies semelhantes. O presente estudo teve como objetivo analisar, em uma localidade, e entre localidades diferentes, a distribuição da atividade de Carollia perspicillata e de Sturnira lilium no estado do Rio de Janeiro. Cinco localidades com mais de 40 capturas destas espécies foram selecionadas: Reserva Biológica de Araras, Parque Natural Municipal Penhasco Dois Irmãos, Santuário da Vida Silvestre Serra da Concórdia, Ilha da Marambaia e Ilha da Gipóia. Os horários de capturas foram transformados em minutos após o pôr do sol. Um total de 707 capturas de C. perspicillata e 927 capturas de S. lilium foi analisado. Não foram encontradas evidências de influência da luminosidade da Lua na captura de C. perspicillata em nenhuma localidade. Para S. lilium, em duas localidades a luminosidade influenciou sua captura, possivelmente devido às características da vegetação mais aberta, resultando num maior risco de predação. As duas espécies mantiveram, em geral, atividade constante ao longo da noite, com pico entre as três primeiras horas da noite, o que pode ser devido à maior disponibilidade de recursos nesse período. A distribuição da atividade das duas espécies no decorrer da noite foi diferente em uma mesma localidade, sugerindo uma variação no nicho temporal que facilitaria a coexistência destas espécies nas diferentes localidades. Foi possível concluir que a atividade de ambas as espécies é maior no início da noite, podendo ocorrer picos de atividade adicionais após a metade da noite. A heterogeneidade espacial observada em cada localidade estudada, a diferença na disponibilidade de alimento, além na variação no nicho temporal, foram alguns dos fatores que facilitaram a coexistência destas espécies nestes locais.
Abstract: The moon light and the differences in bat’s habitat composition are some of the main factors that may influence on activity pattern of fruit bats. Studies on bats distribution of activity are important for elucidating how and when these animals forage and some of the mechanisms that allow the coexistence of similar species. Therefore the present study aimed to examine, in local and regional scale, the distribution of activity of Carollia perspicillata and Sturnira lilium in the state of Rio de Janeiro. Five localities with more than 40 captures of these species were selected: Reserva Biológica de Araras, Parque Natural Municipal Penhasco Dois Irmãos, Santuário da Vida Silvestre Serra da Concórdia, Ilha da Marambaia and Ilha da Gipóia. The hours of captures were transformed in minutes after sunset. A total of 707 captures from C. perspicillata and 927 from S. lilium were analyzed. No evidence of influence of brightness of the moon in the capture of C. perspicillata were found in any locality. For S. lilium, in two locations brightness influenced his capture, possibly due to the characteristics of the vegetation in, resulting in a greater risk of predation in the locality. The two species activity remained generally constant throughout the night, peaking between the first three hours of the night, which may be due to greater availability of resources during this period. The distribution of the activity of both species during the night was different, suggesting a variation in temporal niche that facilitate the coexistence of species in different localities. It was concluded that the activity of both species is greatest in the early evening, additional activity peaks may occur after the middle of the night. The spatial heterogeneity observed in each locality studied, the difference in food availability, in addition to temporal variation in the niche, were some of the factors that facilitated the coexistence of these species at these sites.
Keywords: Fobia lunar
Horário de atividade
Partição de temporal
Lunar phobia
Temporal Partitioning
???metadata.dc.subject.cnpq???: Zoologia
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Ciências Biológicas e da Sáude
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal
Citation: PEDROZO, Ayesha Ribeiro. Os morcegos frugívoros Carollia perspicillata e Sturnira lilium apresentam distribuição de atividade similar durante a noite? Uma análise local e regional. 2014. 36 f. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal). Instituto de Biologia, Departamento de Biologia Animal, Universidade Federal Rural do Rio Janeiro, Seropédica, RJ, 2014.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2823
Issue Date: 19-Sep-2014
Appears in Collections:MESTRADO EM BIOLOGIA ANIMAL

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014 - Ayesha Ribeiro Pedrozo.pdfDocumento principal1.39 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.