???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2597
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Aspectos soroepidemiológicos da infecção por Leishmania sp em equídeos de tração do Distrito Federal, Brasil.
Other Titles: Seroepidemiological aspects of Leishmania sp infection in traction equidae from the Federal District, Brazil
???metadata.dc.creator???: Mello, Nádia Valesca Biral de Oliveira Peixoto 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Angelo, Isabele da Costa
First advisor-co: Santos, Huarrisson Azevedo
???metadata.dc.contributor.referee1???: Santos, Fernanda Nunes
???metadata.dc.contributor.referee2???: Silva, Valmir Laurentino
???metadata.dc.description.resumo???: A leishmaniose em equídeos é uma realidade no mundo, sendo esta família descrita como reservatório para a doença desde 1927. Esses animais desenvolvem uma forma cutânea, de caráter benigno, tendo em sua maioria a cura espontânea. No Distrito Federal (DF), equídeos de tração são amplamente usados como meio de transporte e trabalho, estando inseridos diretamente dentro da cidade, em contato íntimo com cães e seres humanos. Vivem na maioria das vezes em currais comunitários, ambientes extremamente insalubres, com poucas condições higiênico-sanitárias, que atraem grande quantidade de insetos. O presente trabalho teve como objetivo determinar a prevalência de anticorpos anti-Leishmania sp. através das técnicas de Imunofluorescência Indireta (RIFI) e do Ensaio Imunoenzimático (ELISA) em equídeos de tração no DF e descrever possíveis variáveis epidemiológicas associadas com esta prevalência. A população de equídeos do DF é estimada em 1682 animais (SEAGRI/DF), distribuídos em 20 regiões administrativas (RA). O cálculo do tamanho da amostra foi realizado de acordo com Medronho (2009) e os animais foram selecionados de forma aleatória em cada RA, sendo 178 (43,31%) sororreagentes no ELISA, 197 (47,93%) na RIFI e 111 (27,01%) reagentes em ambas a técnicas ELISA/RIFI. Foi utilizado um questionário semiestruturado e as variáveis associadas com a prevalência de anticorpos foram analisadas pelo Qui quadrado, no programa BioEstat, versão 5.0. As seguintes variáveis foram consideradas significativas (p 0,05): sexo, tempo de permanência com o proprietário e se os animais já deixaram o DF, quando analisados os animais reagentes na RIFI; sexo, localidade, métodos de redução de insetos no ambiente, tempo de permanência com o proprietário e se os animais já deixaram o DF, quando analisados os animais reagentes no ELISA e; sexo, usar repelente nos animais, se os animais já deixaram o DF, mucosa ocular e, entrada em áreas com córrego, quando analisados os reagentes na RIFI/ELISA. Novos estudos que possam auxiliar no melhor entendimento da participação dos equídeos na manutenção do ciclo epidemiológico de Leishmania sp serão de grande importância e possibilitarão a preconização de medidas de controle mais eficientes. O presente trabalho colaborou ao demonstrar a possibilidade de equídeos estarem se infectando e apresentando um papel importante na cadeia epidemiológica de Leishmania sp e na manutenção da doença no território do DF.
Abstract: Leishmaniasis in equidae is a reality in the world, and this family has been described as reservoir for the disease since 1927. These animals develop a cutaneous form, of a benign nature, most of them spontaneous cure. In the Federal District (FD), traction equids are widely used as means of transportation and work, being inserted directly inside the city, in close contact with dogs and humans. They live mostly in community pens, extremely unhealthy environments, with few hygienic-sanitary conditions, which attract large numbers of insects. The present study aimed to determine the prevalence of anti-Leishmania sp. Through the techniques of Indirect Immunofluorescence (IFI) and the Immunoenzymatic Assay (ELISA) in traction equids in the FD and to describe possible epidemiological variables associated with this prevalence. The FD equidae population is estimated to be 1682 animals (SEAGRI / FD), distributed in 20 administrative regions (AR). The sample size was calculated according to Medronho (2009) and the animals were randomly selected in each AR, of which 178 (43.31%) were seroreagents in the ELISA, 197 (47.93%) in the IFI and 111 (27.01%) reagents in both ELISA /IFI techniques. A semi-structured questionnaire was used and the variables associated with the prevalence of antibodies were analyzed by Qui-square in the BioEstat program, version 5.0. The following variables were considered significant (p 0.05): sex, length of stay with the owner and whether the animals had already left the FD, when the animals were analyzed in the IFI; Sex, locality, methods of reducing insects in the environment, residence time with the owner and if the animals have already left the FD, when analyzing the reactive animals in the ELISA and; Sex, to use repellent in the animals, if the animals have already left the FD, ocular mucosa and, entered in areas with stream, when the reagents in the IFI / ELISA were analyzed. New studies that may help to better understand the participation of equidae in the maintenance of the epidemiological cycle of Leishmania sp will be of great importance and will allow the recommendation of more efficient control measures. The present work collaborated in demonstrating the possibility of equidae being infected and presenting an important role in the epidemiological chain of Leishmania sp and in the maintenance of the disease in the territory of the Federal District.
Keywords: Leishmaniose
epidemiologia
RIFI
ELISA
equídeos
Brasília
Distrito Federal
Leishmaniasis
epidemiology
IFI
ELISA
equidae
Brasília
Federal District
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências Biológicas
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Veterinária
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias
Citation: Mello, Nádia Valesca Biral de Oliveira Peixoto. Aspectos soroepidemiológicos da infecção por Leishmania sp em equídeos de tração do Distrito Federal, Brasil.. 2017. [90 f.]. Dissertação( Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, [Seropédica-RJ] .
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2597
Issue Date: 3-Mar-2017
Appears in Collections:MESTRADO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017 - Nádia Valesca Biral de Oliveira Peixoto de Mello.pdf Nádia Valesca Biral de Oliveira Peixoto de Mello2.39 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.