???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2420
???metadata.dc.type???: Tese
Title: Desenvolvimento territorial endógeno em ambientes de montanha: estudos de caso em Nova Friburgo (RJ) e no Alto Camaquã (RS)
Other Titles: Territorial endogenous development in mountain environments: case studies in Nova Friburgo (RJ) and Alto Camaquã (RS)
???metadata.dc.creator???: LIMA, Viviane Cristina Silva 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Assis, Renato Linhares de
First advisor-co: Aquino, Adriana Maria de
Second Advisor-co: Borba, Marcos Flávio Silva
???metadata.dc.contributor.referee1???: Assis, Renato Linhares de
???metadata.dc.contributor.referee2???: Guedes, Cezar Augusto Miranda
???metadata.dc.contributor.referee3???: Neske, Márcio Zamboni
???metadata.dc.contributor.referee4???: Pinto, Mauro Sérgio Vianello
???metadata.dc.contributor.referee5???: Silva, Robson Dias da
???metadata.dc.description.resumo???: A tese parte do princípio que a cultura, o saber fazer, o modus vivendi, e o capital territorial, são aspectos fundamentais na diferenciação de produtos e serviços oferecidos por agricultores e pecuaristas que vivem e se (re)produzem em ambientes montanhosos. Assim, no sentido de fomentar a sustentabilidade nesses ambientes, sugere-se que para o manejo adequado dos agroecossistemas nessas áreas, práticas agroecológicas deve ser a base tecnológica, metodológica, sociológica e epistemológica. Sendo assim, considera-se de suma importância que os agricultores montanheses se apropriem da noção de território e dos conhecimentos e processos agroecológicos, de forma a que estes tenham autonomia na busca de caminhos que viabilizem melhores condições de permanência e prática da agricultura nas montanhas. Nesse sentido, a proposta é que o desenvolvimento local esteja alicerçado na endogenia, no protagonismo, na participação, na conservação dos recursos naturais e do patrimônio sociocultural, bem como na vitalidade das relações político-institucionais e econômicas. Assim, é importante destacar que a correta manutenção do território implica em ambientes mais equilibrados, na diferenciação de produtos e valorização da cultura local. Por tudo isto, a tese buscará responder o seguinte problema de pesquisa: De que forma aspectos territoriais endógenos, relacionados à produção agroecológica familiar, podem potencializar processos de desenvolvimento rural sustentáveis em ambientes de montanha? O objetivo da mesma é avaliar de que forma aspectos territoriais, relacionados à produção agrícola familiar, podem ser valorizados na constituição de processos de desenvolvimento rural sustentáveis em ambientes de montanha, utilizando para isto a agroecologia. Para tanto foram realizados estudos de caso na comunidade da Fazenda Rio Grande, em Nova Friburgo (RJ), e na região do Alto Camaquã (RS), para avaliar a percepção dos agricultores familiares acerca dos aspectos territoriais. Os resultados demonstraram que alguns aspectos culturais dos agricultores da Fazenda Rio Grande, Nova Friburgo tem se perdido com o tempo, como a produção da broa de fubá de milho branco, por exemplo, mas, por outro lado, a comunidade tem se organizado para o acesso a políticas públicas e adoção de práticas conservacionistas do solo, como a adubação verde e o plantio direto. No que se refere às pesquisas realizadas no território do Alto Camaquã, a análise dos dados revela uma pecuária familiar de base camponesa, onde os atores e sujeitos envolvidos no Projeto Alto Camaquã – que visa à valorização do local e de seus recursos como estratégias para acesso a mercados diferenciados - manejam os agroecossistemas de forma a manter viva as tradições locais. Outro aspecto que deve ser considerado na manutenção desse modus operandi e na conservação dos recursos naturais, se dá em virtude do isolamento dos pecuaristas dessa região, dado as grandes distâncias que separam as propriedades e o território em relação a área urbana, associado a não adoção de “pacotes tecnológicos” utilizados em uma agricultura de base industrial.
Abstract: The thesis assumes that culture, know-how, the modus vivendi, and the territorial capital, are crucial in differentiating products and services offered by farmers and ranchers who live and (re) produce in mountainous environments. Thus, in order to foster sustainability in these environments, it is suggested that for the proper management of agro-ecosystems in these areas, agroecological practices should be the technological basis, methodological, sociological and epistemological. Thus, it is considered of paramount importance to the highlander farmers to appropriate the notion of territory and knowledge and agro-ecological processes, so that they have autonomy in the search paths that enable better conditions of stay and practice of agriculture in the mountains. In this sense, the proposal is that local development is rooted in inbreeding in leadership, participation, conservation of natural resources and the socio-cultural heritage and the vitality of the political-institutional and economic relations. Thus, it is important to point out that the proper maintenance of the territory implies more balanced environments in product differentiation and appreciation of local culture. For all this, the thesis will seek to answer the following research problem: How endogenous territorial aspects related to family agroecological production, may enhance sustainable rural development processes in mountain environments? The purpose of it is to assess how spatial aspects related to family farming, can be valued in the creation of sustainable rural development processes in mountain environments, using this agroecology. Therefore, we conducted case studies in the Fazenda Rio Grande community in the municipality of Nova Friburgo (RJ), and the region of Alto Camaquã (RS) to assess the perception of farmers about the territorial aspects. The results showed that some cultural aspects of farmers in Fazenda Rio Grande, Nova Friburgo has been lost over time, as the production of bread white corn meal, for example, but on the other hand, the community has organized for access to public policies and adoption of conservation tillage practices such as green manure and tillage. With regard to research carried out in the territory of the Alto Camaquã, data analysis reveals a family livestock peasant-based, where the actors and subjects involved in Project Alto Camaquã - aimed at enhancement of the site and its resources as strategies for access the different markets - handle the agricultural ecosystems in order to keep alive local traditions. Another aspect that should be considered in maintaining this modus operandi and conservation of natural resources, is given due to the isolation of farmers in this region, given the great distances that separate the properties and the territory in relation to urban areas, associated with not adopting of "technological packages" used in an industrial base of agriculture.
Keywords: Agricultura de Montanha
Agroecologia
Capital Territorial
Agriculture of mountains
Agroecology
Territorial capital
???metadata.dc.subject.cnpq???: Políticas Públicas
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Inovação em Agropecuária
Citation: LIMA, Viviane Cristina Silva Lima. Desenvolvimento territorial endógeno em ambientes de montanha: estudos de caso em Nova Friburgo (RJ) e no Alto Camaquã (RS). 104 f. Tese (Doutorado em Ciência, Tecnologia e Inovação em Agropecuária). Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, 2016.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2420
Issue Date: 29-Nov-2016
Appears in Collections:DOUTORADO EM CIÊNCIA TECNOLOGIA E INOVAÇÃO EM AGROPECUÁRIA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016 - Viviane Cristina Silva Lima.pdfDocumento principal2.16 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.