???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/1707
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Avaliação do efeito da salinidade e alimentação no desenvolvimento inicial em larvas de três espécies de caranguejos de importância econômica em laboratório
Other Titles: The effect of salinity and feeding on the initial larvae development of three crabs species with economic importance in the laboratory
???metadata.dc.creator???: Carvalho, Angélica Lago 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Oshiro, Lidia Miyako Yoshii
???metadata.dc.contributor.referee1???: Masinari, Setuko
???metadata.dc.contributor.referee2???: Bonecker, Sérgio Luiz Costa
???metadata.dc.description.resumo???: O presente estudo teve como objetivo fornecer informações que possam auxiliar na viabilização da larvicultura de três espécies de caranguejos explorados comercialmente no Brasil. Primeiramente foi avaliada a influência da salinidade sobre a sobrevivência das larvas de U. cordatus, C. guanhumi e G. cruentata no estágio inicial de desenvolvimento, e posteriormente a influência da alimentação no desenvolvimento inicial das larvas de U. cordatus, em laboratório. As fêmeas ovígeras utilizadas para obtenção das larvas de U. cordatus e C. guanhumi foram coletadas no manguezal de Barra de Guaratiba – RJ e as fêmeas de G. cruentata no manguezal de Itacuruçá. Na primeira etapa do estudo foi avaliada a influência de diferentes níveis de salinidade durante o desenvolvimento inicial, em relação à porcentagem e o tempo de sobrevivência das larvas na ausência de alimento. A sobrevivência das larvas de U. cordatus não foi influenciada pelos níveis de salinidade testadas, porém a porcentagem de muda para a fase de zoea II apresentou diferença significativa entre os tratamentos, sendo obtido o melhor resultado na salinidade 28. Para as larvas de C. guanhumi e G. cruentata foi observada que a sobrevivência foi afetada pelos diferentes níveis de salinidade, sendo obtido melhores resultados em salinidades 25 e 33, respectivamente. Em relação ao período sem alimento, foi observado que a reserva nutricional não é suficiente para o completo desenvolvimento das larvas, pois ocorreu mortalidade total das larvas em todas as espécies, antes da metamorfose para megalopa. Na segunda etapa foram testados quatro tipos de alimento na fase inicial de desenvolvimento das larvas de U. cordatus, verificando-se que a alimentação influenciou tanto a sobrevivência quanto o desenvolvimento larval. A melhor sobrevivência foi obtida no tratamento em que foi administrada a microalga Nannochloropsis oculata e as melhores taxas de muda foram obtidas em três tratamentos, com Nannochloropsis oculata; com Tetraselmis chuii e com rotíferos, Brachionus plicatilis.
Abstract: The present study aimed to provide information about the larval rearing of three species commercially harvested crabs in Brazil. Foremost was evaluated the influence of salinity on larval survival of U. cordatus, C. guanhumi and G. cruentata early stage of development, and subsequently the influence of diet on the early development of larvae of U. cordatus in laboratory. The ovigerous females used to obtain larvae of U. cordatus and C. guanhumi were collected in Barra de Guaratiba´s (RJ) mangrove and the females of G. cruentata in Itacuruçá´s mangrove. In the first stage was evaluated the influence of different salinity levels during early development in relation to the percentage and the survival time of larvae in the absence of food. The survival of larvae of U. cordatus was not affected by salinity levels tested, but the percentage of molt to the zoea II stage showed significant differences between treatments, the best result in salinity 28. For the larvae of C. guanhumi and G. cruentata was observed that survival was affected by different salinity levels, and had better results in salinity 25 and 33, respectively. For the period without food, it was observed that the nutritional reserve is not sufficient for complete development of larvae, in all species occurred total mortality of larvae prior to metamorphosis to megalopa. In the second stage four types of food were tested in the early development of U. cordatus larvae, it was observed that food influenced both the survival and larval development, with better survival in the treatment that was administered microalgae Nannochloropsis oculata and the best rates of molt were obtained in three treatments, N. oculata, Tetraselmis chuii and rotifers, Brachionus plicatilis.
Keywords: Larvae
Ucides cordatus
Cardisoma guanhumi
Goniopsis cruentata
Larvas
Ucides cordatus
Cardisoma guanhumi
Goniopsis cruentata
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências Agrárias
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Zootecnia
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Zootecnia
Citation: CARVALHO, Angélica Lago. Avaliação do efeito da salinidade e alimentação no desenvolvimento inicial em larvas de três espécies de caranguejos de importância econômica em laboratório. 2010. 61 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia). Instituto de Zootecnia, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, ,RJ, 2010.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/1707
Issue Date: 2-Sep-2010
Appears in Collections:Mestrado em Zootecnia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010 - Angélica Lago Carvalho.pdfDocumento principal1.43 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.