???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/1571
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Avaliação do perfil glicídico e da biologia reprodutiva de Biomphalaria glabrata (Mollusca) experimentalmente co-infectada por Angiostrongylus cantonensis (Nematoda) e Echinostoma paraensei (Trematoda)
???metadata.dc.creator???: BOMFIM, Tatiane Cristina dos Santos 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Silva, Jairo Pinheiro da
First advisor-co: Garcia, Juberlan Silva
???metadata.dc.contributor.referee1???: Silva, Jairo Pinheiro da
???metadata.dc.contributor.referee2???: Brandolini, Solange Viana Paschoal Blanco
???metadata.dc.contributor.referee3???: Mota, Ester Maria
???metadata.dc.description.resumo???: A interação entre hospedeiros intermediários e helmintos pode causar alterações metabólicas e reprodutivas no molusco hospedeiro, que começam a usar suas reservas para manter as funções vitais, na elaboração de resposta imunológica e reparação de danos teciduais e também para compensar a drenagem de nutrientes/energia pelos parasitos em desenvolvimento. Investigações sobre as co-infecções por helmintos de espécies diferentes podem fornecer informações essenciais sobre a biologia da sua co-existência, refletindo aspectos mais próximos àqueles que encontramos em condições naturais. Nossos objetivos foram investigar as alterações reprodutivas, avaliar a atividade da lactato desidrogenase e as concentrações de glicose na hemolinfa e glicogênio no complexo glândula digestiva-gônada e massa cefalopediosa, e também verificar alterações histológicas e histoquímicas de Biomphalaria glabrata experimentalmente co-infectados com Echinostoma paraensei e Angiostrongylus cantonensis. Cinco grupos de moluscos (não infectados, com infecções simples (Echinostoma paraensei ou Angiostrongylus cantonensis) e dupla, seja E. paraensei primeiro (E + A) ou A. cantonensis primeiro (A + E)) foram acompanhados; três vezes por semana durante quatro semanas o número de massas de ovos, número de ovos e número de moluscos eclodidos foram contados. Amostras para a análise histológica e histoquímica do ovoteste, glândula do albúmen, complexo glândula digestiva e massa cefalopediosa foram coletadas após quatro semanas, assim como amostras para a análise bioquímica. O número de massas de ovos/molusco, ovos/molusco e moluscos eclodidos dos moluscos infectados apresentaram diferenças significativas quando comparados com o grupo controle, especialmente no grupo E + A, cuja a maioria dos valores dos parâmetros analisados foi inferior a 50% dos valores observados para os moluscos controle. Um decréscimo significativo nos níveis de glicose e de glicogênio, em contraste com um aumento de atividade da lactato desidrogenase foi observado nos exemplares infectados. Estes resultados indicam que a demanda de energia intensa leva o molusco infectado ao aumento da degradação anaeróbia de carboidratos para obtenção de energia buscando atender ao aumento da demanda energética, numa tentativa de manter a homeostase glicêmica, porém reduções significativas são observadas. As análises histológicas e histoquímicas mostraram a presença de ambos os parasitos nos órgãos analisados associados com intensa desorganização celular.
Abstract: The interaction between intermediate hosts and helminths can cause metabolic and reproductive changes in the host snail, they start using their reserves to maintain its vital functions, immune system activation, repair of tissue damage and also to supply the necessary energy for the parasites development. Investigations of co-infection by different helminths can provide essential information about the biology of their co-existence. Our aims are investigate the reproductive changes, evaluate the activity of lactate dehydrogenase and the concentrations of glucose in the hemolymph and glycogen in the digestive gland complex and cephalopedal mass, and also verify histological and histochemical changes of Biomphalaria glabrata experimentally co-infected with Echinostoma paraensei and Angiostrongylus cantonensis. Five groups of snails i.e. uninfected, with single and double infections, either E. paraensei first (E+A) or A. cantonensis first (A+E) were followed; three times a week during four weeks the numbers of egg masses, eggs and hatched snails were counted. Histological and histochemical samples of the ovotestis, albumen gland, digestive gland complex and cephalopedal mass were collected after four weeks as well samples for the biochemical analysis. The number of egg masses/snail, eggs/snail and hatched snails showed significant differences comparing the control group to all infected groups, especially in group E + A, with the majority of values of parameters analyzed lower than 50% of those observed for control snails. A significant decrease in glucose levels and glycogen content, in contrast an increase of lactate dehydrogenase activity was observed in the infected snails. These results indicate intense energy demand that takes the snail increasing the anaerobic degradation of carbohydrates in the infected snails to obtain energy in an attempt to maintain homeostasis. The histological analysis showed that presence of both parasites in the all organs analyzed and the parasites were associated with cell disorganization.
Keywords: reproductive analysis
biochemical analysis
host-parasite relationship
Biomphalaria glabrata
Angiostrongylus cantonensis
Echinostoma paraensei
co-infecção
análise reprodutiva
análise bioquímica
relação parasito-hospedeiro
???metadata.dc.subject.cnpq???: Medicina Veterinária
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Veterinária
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias
Citation: BONFIM, Tatiane Cristina dos Santos. Avaliação do perfil glicídico e da biologia reprodutiva de Biomphalaria glabrata (Mollusca) experimentalmente co-infectada por Angiostrongylus cantonensis (Nematoda) e Echinostoma paraensei (Trematoda). 2016. 73 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias). Instituto de Veterinária, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, 2016.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/1571
Issue Date: 25-Feb-2016
Appears in Collections:MESTRADO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016 - Tatiane Cristina dos Santos Bonfim.pdfDocumento principal2.4 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.