???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/5768
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Produtividade e composição química da Tithonia diversifolia sob diferentes alturas de resíduo
Other Titles: Productivity and chemical composition of Tithonia diversifolia under different residue heights
???metadata.dc.creator???: Val, Guilherme Alves do 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Almeida, João Carlos de Carvalho
???metadata.dc.contributor.referee1???: Almeida, João Carlos de Carvalho
???metadata.dc.contributor.referee2???: Pádua, Fábio Teixeira de
???metadata.dc.contributor.referee3???: Paciullo, Domingos Sávio Campos
???metadata.dc.description.resumo???: O objetivo do presente estudo foi avaliar o comportamento produtivo e a composição bromatológica da Tithonia diversifolia manejada em diferentes alturas de resíduo. O experimento foi conduzido no Instituto de Zootecnia da UFRRJ, em Seropédica-RJ. Foi realizado preparo prévio da área experimental 60 dias antes do plantio. O plantio foi realizado com estacas de 30 cm de comprimento em áreas experimentais dispostas em seis blocos completamente casualizados. Os blocos foram divididos em quatro parcelas de 4,0 x 3,5 m, totalizando 56 m² por bloco, onde foram alocados quatro tratamentos (alturas de resíduo): 20, 40, 60 e 80 cm. As avaliações foram realizadas a cada 57 dias, onde realizou-se a mensuração das alturas das plantas (H), estimativas de produção de massa de forragem verde (PMV) e seca (PMS) por corte, bem como o acúmulo de massa de forragem verde (AMV) e seca (AMS). Foram calculadas taxa de crescimento (TC) e relação folha:haste (RFH). Determinou-se matéria seca (MS), proteína bruta (PB), matéria mineral (MM), extrato etéreo (EE), energia bruta (EB), fibra em detergente neutro (FDN) e ácido (FDA), lignina (LIG), fracionamento de proteína. Calculou-se as frações de carboidratos, nutrientes digestíveis totais (NDT), energia digestível (ED), energia metabolizável de produção (EMP) e energia líquida de lactação (ELL). O delineamento experimental foi em blocos completamente casualizados em esquema de parcelas subdivididas. Os tratamentos foram avaliados através de regressão. Os dados foram submetidos a análise de homogeneidade, normalidade e ANOVA, à 5% de significância, através do software estatístico R. A PMV teve efeito quadrático em novembro, com valores de 10,91 Mg/ha a 18,33 cm de altura de resíduo. O tempo de rebrota foi a causa para este comportamento quadrático, bem como as condições climáticas e de manejo. O teor de MS, em setembro, foi quadrático, com valores de 23,26% de MS a 46,25 cm. O teor de MS foi influenciado pelo período, com condições climáticas de baixa pluviosidade e temperatura, resultando em menor turgor das células vegetais. O teor de PB foi quadrático para o mês de setembro, com 21,83% PB para a altura de 65 cm de resíduo. Em setembro as plantas estavam com menor altura, hastes finas e menos lignificadas na porção acima de 20 cm de altura. A FDN, em novembro, foi significativa para a equação quadrática, com altura de 17,74 cm e teor de 61,15%. Neste mês as plantas foram colhidas aos 61 dias de rebrota em um período de transição águas-secas. A LIG foi quadrática para os meses de novembro, dezembro e abril, com valores de 7,20% a 35 cm; 3,48% a 45 cm e 2,45% a 55,71 cm, respectivamente. Estas avaliações foram marcadas por condições climáticas, além do tempo de rebrota, sendo 61, 46 e 63 dias, respectivamente para novembro, dezembro e fevereiro. Observou-se que alturas de resíduo de 40 a 50 cm é o intervalo mais adequada à Tithonia diversifolia. Estes valores proporcionaram as melhores associações entre produtividade, teores de MS, PB, FDN, LIG, frações A+B1, B2 e C, dos carboidratos, e as frações proteicas A e B1+B2
Abstract: The aims of study were to evaluate the product behavior and bromatological composition of Tithonia diversifolia managed at different residue heights. The experiment was conducted at the Animal Science Institute of UFRRJ, in Seropédica-RJ. Prior preparation of the experimental area was carried out 60 days before planting. The planting was carried out with 30 cm long cuttings in experimental areas arranged in three completely randomized blocks. The blocks were divided into eight 4.0 x 3.5 m plots, totaling 56 m² per block, where four blocks (residue heights): 20, 40, 60 and 80 cm were allocated. Evaluations were performed every 57 days, where heights (H), green (GMP) and dry (DMP) forage mass production per cut were measured, as well as forage mass accumulation green (GMA) and dry (DMA). Growth rate (GR) and leaf-stem ratio (LAR) were calculated. Determine dry matter (DM), crude protein (CP), mineral matter (MM), ethereal extract (EE), gross energy (GE), neutral detergent fiber (NDF) and acid (NDA), lignin (LIG), protein fraction. Calculate as carbohydrate fractions, total digestible nutrients (TDN), digestible energy (DE), metabolizable production energy (MEP) and net energy of lactation (NEL). The experimental design was completely randomized blocks in a split plot scheme. Treatments were evaluated by regression. Data were analyzed with homogeneity, normality and ANOVA, with 5% significance, using the R statistical software. The GMP had quadratic effect in November, with values of 10.91 Mg / ha at 18.33 cm. of residue height. Regrowth time was the cause of quadratic behavior, as well as climatic and management conditions. The DM content in September was quadratic, with values of 23.26% DM at 46.25 cm. The DM content was influenced by the period, with low rainfall and temperature climatic conditions, resulting in lower turgor of plant cells. The CP content was quadratic for September, with 21.83% CP for a height of 65 cm of residue. In September, when the plants were less tall, the thin and less lignified above 20 cm. An NDF in November was significant for the quadratic equation, with a height of 17.74 cm and a content of 61.15%. This month the plants were harvested at 61 days of regrowth in a dry-water transition period. The LIG was quadratic for the months of November, December and April, with values of 7.20% at 35 cm; 3.48% at 45 cm and 2.45% at 55.71 cm, respectively. These standards were marked by weather conditions, in addition to the regrowth time, being 61, 46 and 63 days, respectively for November, December and February. Note that residue heights of 40 to 50 cm are the most suitable range for Tithonia diversifolia
Keywords: Composição química
Fracionamento
Valor energético
Chemical composition
Fraction
Energy value
???metadata.dc.subject.cnpq???: Zootecnia
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Zootecnia
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Zootecnia
Citation: VAL, Guilherme Alves do. Produtividade e composição química da Tithonia diversifolia sob diferentes alturas de resíduo. 2019. 45 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Instituto de Zootecnia, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, 2019.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/5768
Issue Date: 25-Jul-2019
Appears in Collections:Mestrado em Zootecnia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019 - Guilherme Alves do Val.pdf2019 - Guilherme Alves do Val655.09 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.