???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2974
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Percepções de alunos e famílias agrícolas frente aos desafios na trajetória para a formação técnica no IFRO campus Ariquemes
Other Titles: Life perceptions of students and rural families face the challenges in the trajectory for technical training IFRO campus in Ariquemes
???metadata.dc.creator???: OLIVEIRA, Izaqueu Chaves de 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Oliveira, Lia Maria Teixeira de
???metadata.dc.contributor.referee1???: Oliveira, Lia Maria Teixeira de
???metadata.dc.contributor.referee2???: Moraes, Marco Antonio de
???metadata.dc.contributor.referee3???: Arruda, Maria da Conceição Calmon
???metadata.dc.description.resumo???: O presente estudo refere-se a um caso paradigmático que trata sobre a problemática da democratização da educação profissional agrícola brasileira. Partindo do pressuposto histórico de que no Brasil, ainda existe, a escola dualista e que a desigualdade de direitos, em termos práticos das atuais políticas educacionais, está tão camuflada em discursos e medidas legais que a torna imperceptível. Ao analisar as pautas dos grupos sociais e atores coletivos percebe-se que há morosidade quanto à formulação de políticas públicas no que tange ao acesso e permanência na educação profissional. Por outro lado percebe-se a grande procura pela formação técnica agrícola pela população rural. Porem o ingresso na educação profissional nas instituições públicas ocorre por processos seletivos, nos quais não é levada em consideração a realidade social bem como a formação escolar anterior do estudante oriundo do meio rural, quando este busca os mecanismos de ingresso. A pesquisa buscou revelar quais os desafios e as perspectivas de vida das famílias de agricultores que procuram os instrumentos da política de acesso e permanência do Instituto Federal de Rondônia, campus Ariquemes, como alternativa de formação pessoal e profissional. O grande impasse está em satisfazer os anseios de todos aqueles que dependem de uma escola pública, gratuita e de qualidade e que se tenham condições de acesso para todos. No tocante ao ingresso, o IFRO reserva 50% das vagas dos cursos técnicos em Agropecuária para filhos de agricultores (F.A.). A escolha pela problemática de pesquisa foi feita em função do ano em que tentamos o mestrado ser também um ano em que se acentuou a evasão, quando 40% dos candidatos inscritos e aprovados pelas vagas (F.A.), não efetuaram matrícula. Quanto à permanência, existem implicações que permeiam a instituição, cujo questionamento se fazem necessário: limitação das vagas de residências para meninos e falta de políticas afirmativas para atender para as meninas; falta de incentivos com bolsas de estudos aos alunos provenientes de famílias agrícolas; falta de acessibilidade das famílias à vida escolar de seus filhos, considerando os problemas decorrentes da distância dos familiares e amigos: evasão, baixo rendimento escolar, isolamento, fatores que poderão causar depressão, etc. Com base no esboço torna-se pertinente a análise desses fatores, tendo em vista a necessidade de se fazer uma investigação sobre as políticas afirmativas de atendimento aos filhos de agricultores. Para a realização desse trabalho optou-se pela abordagem qualitativa e quantitativa, com enfoque nos tipos de instrumentos do estudo de caso, enfatizando os referenciais bibliográficos e trabalho de campo, tendo como base empírica o IFRO/Campus - Ariquemes
Abstract: This study Refers to a paradigmatic case that deals with the issue of democratization of Brazilian agricultural vocational education. We start from the assumption that history in Brazil, still exists, and the dualistic school that inequality of rights in practical terms the current education policy, is so cloaked in speeches and statutory measures making it unnoticeable. However When analyzing the agendas of social groups and collective actors is Perceived that there is slow in formulating public policies in terms of access and permanence in professional education. Moreover, it is noticed that vocational education is not universal. This process Reflects the marginalization of the peasantry in the educational context, since entering professional education in public institutions is by selection processes, in Which is not taken into account the social reality as well as previous academic training of students coming from the rural areas, When the search mechanisms of entry. The research sought to reveal what challenges and prospects of life for farm families seeking the tools of access and permanence of the Federal Institute of Rondônia, Ariquemes campus, an alternative to the personal and professional development policy. The major impasse is to satisfy the desires of All Those who depend on public, free and quality school and who are able to access for all. Regarding the ticket, the IFRO reserve 50% of seats in technical courses for children of farmers Agriculture (FA). The choice of the problematic research was done under the year in Which We try to be the master Also the year In which it stressed the avoidance even before registration of the Unified Process Selection in 2012/1, When 40% of candidates and approved by the waves (AF), have not made registration. The permanence is, there are implications that permeate the institution Whose questioning if Necessary make: limitation of places of residences for boys and lack of affirmative policies to cater for girls; lack of incentives with scholarships for students from farm families; lack of accessibility of households to school life of Their children, considering the problems Arising from the distance from family and friends: avoidance, poor school performance, isolation, that factors may cause depression, etc.. Based on the sketch passe worthwhile to analyze these factors in view of the need to make a research on affirmative policies for service to children of farmers. To conduct this work we opted for a qualitative and quantitative approach, focusing on the types of instruments case study, Emphasizing the bibliographic references and fieldwork, empirically based on the IFRO Campus Ariquemes.
Keywords: Educação Profissional
Políticas Públicas de Acesso e Permanência
Família Agrícola
Vocational Education
Public Policy Access and Retention
Family Farm
???metadata.dc.subject.cnpq???: Educação
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Agronomia
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Educação Agrícola
Citation: OLIVEIRA, Izaqueu Chaves de. Percepções de alunos e famílias agrícolas frente aos desafios na trajetória para a formação técnica no IFRO campus Ariquemes. 2014. 52 f. Dissertação (Mestrado em Educação Agrícola). Instituto de Agronomia, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ. 2014.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2974
Issue Date: 28-Apr-2014
Appears in Collections:MESTRADO EM EDUCAÇÃO AGRÍCOLA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014 - Izaqueu Chaves de Oliveira.pdfDocumento principal5.3 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.