???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2918
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Aspectos soro-epidemiológicos e estudo da malacofauna em propriedades com criações de equinos no estado do Rio de Janeiro
Other Titles: Sero-epidemiological aspects and study of the molluscan fauna in properties with creations of horses in Rio de Janeiro state
???metadata.dc.creator???: COSTA, Renata Lins da 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Santos, Huarrisson Azevedo
First advisor-co: Massard, Carlos Luiz
???metadata.dc.contributor.referee1???: Santos, Huarrisson Azevedo
???metadata.dc.contributor.referee2???: Massard, Carlos Luiz
???metadata.dc.contributor.referee3???: Brandolini, Solange Viana Paschoal Blanco
???metadata.dc.contributor.referee4???: Guedes Junior, Daniel da Silva
???metadata.dc.contributor.referee5???: Silva, Jairo Pinheiro da
???metadata.dc.description.resumo???: Este trabalho foi desenvolvido em propriedades com criações de equinos nas microrregiões de Itaguaí e Serrana, ambas localizadas no estado do Rio de Janeiro. O estudo teve por objetivo avaliar o papel de moluscos e trematódeos no ciclo de Neorickettsia risticii nas criações localizadas na microrregião de Itaguaí e analisar a frequência de anticorpo anti-N. risticii em equinos da microrregião Serrana, destacando os possíveis fatores associados à soropositividade dos animais. Das treze propriedades estudadas na microrregião de Itaguaí, foram coletados 410 espécimes de moluscos límnicos, por meio de puçá adaptado por tela fina. Os moluscos foram expostos à luz incandescente (60 w) por 2-4 horas para pesquisa de formas larvais de trematódeos. Posteriormente, procedeu-se à detecção molecular de N. risticii através da Reação em Cadeia da Polimerase em tempo real (qPCR) tanto nas amostras de DNA dos moluscos como nas amostras de larvas de trematódeos. Foram encontrados diversos táxons de moluscos sendo 71,70% (294/410) representados por Melanoides tuberculata; 10,97% (45/410) por Pomacea sp.; 3,65% (15/410) por Drepanotrema anatinum; 6,58% (27/410) por Biomphalaria tenagophila; 0,24% (1/410) por Biomphalaria straminea; 5,60% (23/410) por Physa acuta e 1,21% (5/410) pela Família Hydobriidae. Foi observada uma frequência de 3,17% (13/410) de moluscos parasitados por trematódeos. De acordo com as características morfométricas e biológicas observada nos trematódeos foram classificados os seguintes tipos cercariais: Megalourous cercariae, Pleurolophocercous cercariae e Furcocercous cercariae. Não foi observada amplificação do DNA-alvo para N. risticii em nenhuma das amostras de DNA de moluscos e trematódeos analisados. Com relação ao estudo soro-epidemiológico de N. risticii em equinos da Microrregião Serrana, foram coletadas 354 amostras de sangue dos animais, residentes em 49 propriedades da região, através de venopunção jugular em tubos de 5 ml sem anticoagulante. As amostras de sangue foram submetidas à centrifugação para obtenção dos soros que foram armazenadas em freezer a -20 °C até o momento das análises. Para detecção de anticorpo anti-N. risticii utilizou-se a Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI), e as amostras foram consideradas positivas quando reagiram à N. risticii sob a diluição de 1:50. Dentre os municípios de Petrópolis e Teresópolis encontrou-se uma frequência de 5,9% dos equinos sorologicamente reativos. Dentre os possíveis fatores analisados, constatou-se que sexo, raça, idade, manejo sanitário e zootécnico, presença de caramujos e áreas alagadas não apresentaram associação com a soropositividade dos equinos por N. risticii (p>0,05). A região de origem ou procedência do animal foi o único fator associado (p<0.05) à soropositividade por N. risticii na área estudada. A presença de animais sorologicamente reativos para N. risticii em Petrópolis e Teresópolis indica a circulação do agente em mais uma área geográfica do Brasil. Logo, a pesquisa de moluscos e trematódeos que alberguem a bactéria N. risticii pode auxiliar no entendimento da cadeia de transmissão da Erliquiose Monocítica Equina (EME), principalmente em regiões com evidências sorológicas de animais acometidos. Além disso, o estudo dos aspectos epidemiológicos desta doença em criações de equinos do estado do Rio de Janeiro pode fornecer suporte para possíveis medidas de prevenção e controle desta enfermidade nos animais.
Abstract: This work was developed in properties with creations of horses in the micro-regions of Itaguai and Serrana, both located in the state of Rio de Janeiro. The study aimed to evaluate the role of molluscs and trematodes in Neorickettsia risticii cycle in creations located in the micro-region of Itaguaí and analyze the frequency of antibody against N. risticii in horses from Serrana micro-region, standing out the possible associated factors with the seropositivity of animals. Among thirteen properties studied in Itaguai micro-region were collected 410 specimens of limnic molluscs using hand net adapted by fine screen. The molluscs were exposed to the incandescent light (60 w) during 2-4 hours for research of trematodes larval forms. Subsequently, proceeded to molecular detection of N. risticii by Polymerase Chain Reaction in real time (qPCR) in DNA samples of molluscs as in samples of trematodes larval. Many taxons of molluscs were found: 71.70% (294/410) represented by Melanoides tuberculata; 10.97% (45/410) by Pomacea sp.; 3.65% (15/410) by Drepanotrema anatinum; 6.58% (27/410) by Biomphalaria tenagophila; 0.24% (1/410) by B. straminea; 5.60% (23/410) by Physa acuta and 1.21% (5/410) by Family Hydobriidae. A frequency of 3.17% (13/410) of molluscs parasited by trematodes was observed. According to the morphometric and biological characteristics observed in trematodes were classified the following cercariae types: Megalourous cercariae, Pleurolophocercous cercariae and Furcocercous cercariae. No amplification of the target DNA for N. risticii was observed in any DNA samples of molluscs and trematodes analyzed. Regarding to sero-epidemiological study of N. risticii in horses of Serrana micro-region, blood samples from 354 animals were collected, residing at 49 properties of region, by jugular venipuncture in tubes of 5mL without anticoagulant. Blood samples were subjected to centrifugation to obtainment of serums which were stored in freezer at -20°C until analysis moment. For detection of antibodies against N. risticii was used the Immunofluorescence Antibody Test (IFAT), and the samples were considered positive when reacted to N. risticii at 1:50 dilution. Between the municipalities of Petropolis and Teresopolis, was found a frequency of 5.9% of serologically reactive horses. Among the possible factors analyzed, it was found that gender, breed, age, zootechnical and sanitary management, presence of snails and flooded areas did not present association with seropositivity of horses by N. risticii (p>0.05). The region of origin or provenance of the animal was the only factor associated (p<0.05) with seropositivity for N. risticii in the area studied. The presence of animals serologically reactive to N. risticii in Petropolis and Teresopolis indicate the possible movement of the agent in one more geographical area of Brazil. Therefore, the research of molluscs and trematodes that sheltering the bacterium N. risticii may help in understanding the chain of Equine Monocytic Ehrlichiosis (EME) transmission, especially in regions with serological evidence of affected animals. Moreover, the study of the epidemiology aspects of this disease in horses creations of Rio de Janeiro
Keywords: Neorickettsia risticii
Moluscos límnicos
Trematódeos
Epidemiologia
limnics Molluscs
Trematodes
Epidemiology
???metadata.dc.subject.cnpq???: Medicina Veterinária
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Veterinária
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias
Citation: COSTA, Renata Lins da. Aspectos soro-epidemiológicos e estudo da malacofauna em propriedades com criações de equinos no estado do Rio de Janeiro. 2014.70 f. Dissertação (Mestre em Ciências Veterinárias). Instituto de Veterinária, Departamento de Parasitologia Animal, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, 2014.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2918
Issue Date: 18-Feb-2014
Appears in Collections:MESTRADO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014 - Renata Lins da Costa.pdfDocumento principal1.09 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.