???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2879
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: A angiotensina-(1-7) está envolvida na resposta à privação hídrica?
Other Titles: Is angiotensin-(1-7) involved in the response to water deprivation?
???metadata.dc.creator???: SANTOS, Raoni da Conceição dos 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Reis, Luís Carlos
???metadata.dc.contributor.referee1???: Reis, Luís Carlos
???metadata.dc.contributor.referee2???: Olivares, Emerson Lopes
???metadata.dc.contributor.referee3???: Hindmarch, Charles Colin Thomas
???metadata.dc.description.resumo???: A manutenção do equilíbrio dos fluidos corporais é essencial para a manutenção da vida, de forma que pequenas alterações de volume sanguíneo ou osmolaridade incorrem em respostas neuroendócrinas correspondentes para recuperação da homeostase. O sistema renina angiotensina está implicado nesse controle destas funções. As ações clássicas das angiotensinas (ANG) são mediadas pela ANG-II, no entanto, um metabólito de ANG-II, a ANG-(1-7), está envolvida em diversas respostas fisiológicas. A influência da ANG-(1-7) sobre desafios osmóticos ainda não está bem estabelecida. Este estudo avaliou a participação da ANG-(1-7) na resposta a privação hídrica (PRIV) em diversos parâmetros. A microinjeção de ANG-(1-7) não alterou a ingestão de água ou salina hipertônica em condições basais – grupo controle (CTRL), no entanto, os animais PRIV-salina ingeriam mais água (25 ± 4,7 vs. 5,9 ± 2,7 ml, p < 0,05 aos 240 min) e salina hipertônica (9 ± 2,4 vs. 1 ± 1 ml, p < 0,05 aos 120 min) que os CTRL-salina enquanto os animais PRIV-ANG-(1-7) aumentavam a ingestão de água (29,1 ± 4,3 vs 5,1 ± 2,3 ml, p < 0,05 aos 60 min) mais rápido, sem aumentos significativos na ingestão de salina hipertônica (7,1 ± 2,4 vs 1,6 ± 1,6 ml, p > 0,05 aos 300 min) em relação ao CTRL-Salina. Estes resultados indicam que este peptídeo pode ser importante na resposta normal a privação hídrica. A análise imunoistoquímica demonstrou que a densidade do receptor MAS aumentou nos núcleos mediano pré-óptico (MNPO) e supra-óptico (SON) após privação hídrica. A intensidade de marcação de proteína FOS aumentou em todos os núcleos estudados, porém as duplas marcações só foram significativamente maiores no SON e MNPO, indicando que estes podem estar envolvidos nas respostas observados no experimento comportamental. Em conclusão, nossos resultados sugerem que a ANG-(1-7) está implicada na resposta à privação hídrica, sendo o MNPO uma região de especial interesse para o estudo destas respostas, no entanto, estudos futuros são necessários para se investigar esta hipótese.
Abstract: The maintenance of body fluid balance is essential for the maintenance of life, hence small alterations of blood volume or osmolarity incur in corresponding neuroendocrine responses for homeostasis recovery. The renin – angiotensin system is implicated in the control of these functions. The classic actions of angiotensins (ANG) are mediated by ANG-II, however, a metabolite of ANG-II, ANG-(1-7), is involved in several physiological responses. The influence of ANG-(1-7) on osmotic challenges is not well stablished. This study evaluated the participation of ANG-(1-7) on the responses to water deprivation in several parameters. The microinjection of ANG-(1-7) did not change water and sodium intake in basal conditions, however, the WD-Vehicle drank more water (25 ± 4.7 vs. 5.9 ± 2.7 ml, p < 0.05 at 240 min) and hypertonic saline (9 ± 2.4 vs. 1 ± 1 ml, p < 0.05 at 120 min) than CTRL-Vehicle, meanwhile the WD-ANG-(1-7) drank more water faster (29.1 ± 4.3 vs. 5.1 ± 2.3 ml, p < 0.05 at 60 min) without increasing the hypertonic saline intake (7.1 ± 2.4 vs 1.6 ± 1.6 ml, p > 0.05 at 300 min) when compared to CTRL-Vehicle. These results demonstrate that this peptide may be important in the normal response to water deprivation. The immunohistochemistry demonstrated that MAS increases in the median pre-optic nucleus (MNPO) and supra optic nucleus (SON) after WD. FOS increases in all studied nuclei, however double-labelling is only significant increased in SON and MNPO. Indicating that these nuclei may be involved in the behavioral responses observed. So, ANG-(1-7) is implicated in the response to water deprivation, and the MNPO is a region of special interest in the study of this regulation, however, future studies are necessary to verify this hypothesis.
Keywords: Angiotensina-(1-7)
privação hídrica
encéfalo
Angiotensin-(1-7)
water deprivation
brain
???metadata.dc.subject.cnpq???: Fisiologia
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Ciências Biológicas e da Sáude
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas
Citation: SANTOS, Raoni da Conceição dos. A angiotensina-(1-7) está envolvida na resposta à privação hídrica? 2015. 77 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Fisiológicas). Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde, Departamento de Ciências Fisiológicas, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, 2015.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2879
Issue Date: 9-Jul-2015
Appears in Collections:MESTRADO EM CIÊNCIAS FISIOLÓGICAS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015 - Raoni da Conceição dos Santos.pdfDocumento principal2.55 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.