???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2839
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Estrutura da assembleia de peixes recifais em costões rochosos da Ilha Grande, RJ: influência da complexidade topográfica, cobertura bêntica e atividade antrópica
Other Titles: Reef fish assemblage structure on rocky reefs of the Ilha Grande, RJ: influence of topography complexity, benthic composition and anthropogenic impacts
???metadata.dc.creator???: CORRÊA, Carolina 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Araújo, Francisco Gerson
First advisor-co: Neves, Leonardo Mitrano
???metadata.dc.contributor.referee1???: Araújo, Francisco Gerson
???metadata.dc.contributor.referee2???: Neves, Leonardo Mitrano
???metadata.dc.contributor.referee3???: Bonaldo, Roberta M.
???metadata.dc.contributor.referee4???: Dias, Gustavo Muniz
???metadata.dc.description.resumo???: A compreensão dos processos que determinam a distribuição espacial das espécies é de fundamental importância para o planejamento de medidas efetivas de conservação para ecossistemas marinhos. Em sistemas recifais, fatores associados à estrutura do habitat, como complexidade topográfica e cobertura bêntica, e impactos antrópicos exercem uma influência conjunta sobre as assembleias de peixes, tornando importante determinar qual a contribuição relativa de cada componente para a distribuição de peixes recifais. Amostragens de peixes e medições de variáveis associadas à estrutura do habitat, bem como a influência de fatores antrópicos, foram realizadas em costões rochosos da região abrigada da Ilha Grande, sul do estado do Rio de Janeiro. A hipótese testada é de que existe uma hierarquização da influência dos diferentes grupos de variáveis, e que os impactos antrópicos são os maiores responsáveis pela estruturação da assembleia de peixes. Para caracterização da cobertura bêntica e complexidade topográfica foram feitas fotografias do substrato que serviram para quantificar a porcentagem dos grupos bentônicos, quantidade de refúgios e altura do substrato. Medidas de distância de cada local para um canal de navegação e para a principal vila da região (Vila do Abraão), bem como um índice associado ao uso de cada local pelo turismo e pesca, foram utilizados para avaliar as influências antrópicas na região de estudo. As relações entre os potenciais preditores e as variáveis respostas (assembleia de peixes, riqueza, abundância, biomassa, grupos tróficos e famílias selecionadas) foram investigadas através do modelo linear sobre matriz de distância (DistLM) a fim de detectar a explicação dos potenciais preditores sobre a variabilidade das variáveis respostas. Um total de 8294 indivíduos de 68 espécies, pertencentes a 30 famílias foram observados em 100 transectos. Os preditores mais importantes para a variação da estrutura da assembleia de peixes recifais foram a distância do canal (19,8%), distância da Vila do Abraão (7,1%) e cobertura de sedimento (4,4%). Um gradiente espacial de distribuição das amostras foi observado, com os costões mais próximos do canal apresentando as menores abundâncias de peixes com comprimento total > 21 cm e menores biomassas e riqueza de espécies, enquanto aqueles mais distantes tiveram o padrão oposto, sugerindo o efeito de turismo e pesca e dos fatores relacionados com a ressuspensão de sedimentos no canal de navegação. A distância da Vila do Abraão foi associada a estrutura da assembleia de peixes, com os locais mais próximos desta fonte de distúrbio apresentando assembleia dominada por espécies com grande capacidade de suportar distúrbios e comportamento gregário enquanto os locais mais distantes foram representados por grupos tróficos mais especializados como carnívoros e herbívoros. A complexidade topográfica também influenciou a estrutura da assembleia de peixes, principalmente a altura do substrato e presença de fendas pequenas (<30 cm). A cobertura bêntica, dominada pela Matriz de Algas Epilíticas - MAE e por zoantídeos, foi o fator com menor importância para a estrutura da assembleia, porém significativamente associado com o aumento da riqueza, biomassa e abundância de algumas classes de tamanho. A maior contribuição das variáveis antrópicas na estrutura da ictiofauna detectada neste estudo é de grande importância para o subsídio de medidas de proteção dessa área, como por exemplo a fiscalização das embarcações que utilizam o canal de navegação e das atividades turísticas, além da proibição da pesca e a criação de áreas marinhas protegidas.
Abstract: Understanding processes that determine spatial species distribution is important to establish effective management procedures to conservation of marine ecosystems. In coastal reefs, factors associated to habitat structure, such as topographic complexity, benthic cover and anthropogenic activities influence fish assemblages and are important to detect the relative contribution of each one for distribution of reef fishes. Fish sampling and measurement of habitat structure (benthic cover and topographic complexity), and factors associated to anthropogenic influences were carried out in the sheltered coastline of Ilha Grande Bay, southern of Rio de Janeiro State. The tested hypothesis is that there is a hierarchy on the influence of these groups of variables, and that the anthropogenic influences are the main factors to determine fish assemblage structure. Photos of the substrate were taken to characterize benthic cover and topographic complexity and quantify the percent of benthic groups, refugees and substrate height. Measurements of distance from the navigation channel distance from the Abraão town, and an index associated to tourism and fisheries were used as a proxy of anthropogenic influences in the study area. Relationship between potential predictors and responses variables (fish assemblage, richness, abundance, biomass, trophic groups and selected families) were investigated using the distance matrix based linear model (DistLM) to detect predictors that explained variability on response variables A total of 8294 individuals of 68 species, belonging to 30 families were observed in the 100 transects. The most important predictors to explain variability in the fish assemblage structure were the distance from the channel (19.8%), distance from Abraão town (7.1%) and sediment cover (4.4%). A spatial gradient of samples distribution was observed, with the costal reefs near to the channel having lower abundance of fishes with total length > 20 cm, and lower biomass and species richness, whereas those far from the channel had the opposite pattern, suggesting the effect of tourism and fisheries and from factors related to sediment re-suspension in the navigation channel. The distance from Abraão town was associated to fish assemblage structure, with the nearest sites having assemblages dominated by species of great plasticity to disturbance and gregarious behavior, whereas the farthest sites had more specialized trophic groups as carnivores and herbivores. Topographic complexity also influence structure of fish assemblage, mainly the substrate height and presence of small crevices (<30 cm). Benthic cover, dominated by Matrix of Epilitic Algae – MAE and by zooantids, was the factor with lesser influence on fish assemblage structure, but it was significantly related to increases in richness. The highest contribution of anthropogenic variables structuring ichthyofauna detected in this study is of great importance as subsides to protection measures in this area, such as control of vessels that use the navigation channel and of tourism, fisheries ban and creation of marine protected areas.
Keywords: Ictiofauna
estrutura do habitat
canal de navegação
medidas de conservação
ichthyofauna
habitat structure
navigation channel
conservation measures
???metadata.dc.subject.cnpq???: Zoologia
Ecologia
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Ciências Biológicas e da Sáude
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal
Citation: CORRÊA, Carolina. Estrutura da assembleia de peixes recifais em costões rochosos da Ilha Grande, RJ: influência da complexidade topográfica, cobertura bêntica e atividade antrópica. 2014. 49 f. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal). Instituto de Biologia, Departamento de Biologia Animal, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, 2014.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2839
Issue Date: 30-Jun-2014
Appears in Collections:MESTRADO EM BIOLOGIA ANIMAL

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014 - Carolina Corrêa.pdfDocumento principal12.79 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.