???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2696
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE A UTILIZAÇÃO DE LEVOBUPIVACAÍNA E DE ROPIVACAÍNA NA ANESTESIA EPIDURAL NO ESPAÇO LOMBOSSACRO EM GATOS (Felis catus domesticus – Linnaeus 1758).
Other Titles: COMPARISON BETWEEN THE USE OF LEVOBUPIVACAINE AND ROPIVACAINE IN EPIDURAL ANESTHESIA IN THE LUMBOSSACRAL SPACE OF CATS (Felis catus domesticus – Linnaeus 1758).
???metadata.dc.creator???: Souza, Mariana do Desterro Inácio e 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Scherer, Paulo Oldemar
???metadata.dc.contributor.referee1???: Antunes, Fernanda
???metadata.dc.contributor.referee2???: Souza, Diogo Benchimol de
???metadata.dc.contributor.referee3???: Câmara Filho, Jurandir
???metadata.dc.contributor.referee4???: Albuquerque, Marta Fernandes de
???metadata.dc.description.resumo???: O objetivo deste trabalho foi comparar a eficácia e a qualidade de analgesia da Levobupivacaína e da Ropivacaína. Foram utilizadas seis gatas da espécie felina sem raça definida com pesos variando entre três quilos e duzentos gramas e três quilos e seiscentos gramas, e idades variando entre um e três anos. Após jejum alimentar e hídrico de 8 e 3 horas, respectivamente, os animais foram submetidos a anestesia geral com isoflurano por meio de uma câmara anestésica, com o objetivo de realizar contenção química dos animais para realização da técnica epidural sem causar estresse e a possibilidade de lesões. Os animais receberam de forma aleatória através de estudo cego três tratamentos por via epidural com intervalos de uma semana entre estes. Os grupos foram: Grupo controle (GC) solução salina 0,9% no volume de 0,4 mL.Kg -1 ; Grupo Levobupivacaína (GL) 0,5% não diluída na dose de 2 mg.Kg -1 totalizando 0,4 mL.Kg -1 ; Grupo Ropivacaína (GR) na dose de 2 mg.Kg -1 diluído em solução salina totalizando 0,4 mL.Kg -1 . Após a infusão epidural de cada uma das soluções foi dado início aos estímulos nociceptivos através de pinçamentos em três locais pré definidos: Base da cauda, face lateral das coxas direita e esquerda e membrana interdigital de ambas as patas nos tempos 5, 10, 15, 20, 30 minutos, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8 e 9 horas. O grau de analgesia foi determinado com o auxílio de três escalas para avaliação da dor sendo uma escala visual analógica (VAS) e duas escalas simples descritivas (SDS). Além dos estímulos nociceptivos foi ainda avaliado o reflexo patelar e após os pinçamentos foram aferidas as Frequências Cardíaca e Respiratória. Para as variáveis quantitativas foi utilizado teste de Análises de Variância (ANOVA). Para as variáveis qualitativas foi utilizado o teste de Kuskal-Wallis. Não houve diferença estatística significante (p> 0,05) para as variáveis Frequência Cardíaca e Respiratória. Para as escalas houve diferença significativa (p<0,05) entre as drogas a partir de 60 minutos. Para o reflexo patelar diferença significativa ocorreu a partir de 30 minutos. A Levobupivacaína se mostrou mais eficiente que a Ropivacaína para o bloqueio epidural visto que foi a que apresentou melhores graus de analgesia, com maior duração deste efeito e bloqueio motor também mais demorado.
Abstract: The aim of this study was to compare the effectiveness and quality of analgesia of Levobupivacaine and Ropivacaine. Six cats were used with weights varying from three kilos and two hundred grams to three kilos and six hundred grams, and ages ranging from one to three years old. After the cats were fasted for 12 hours for food and three hours for water, the animals underwent general anesthesia with isoflurane into an anesthesia chamber, in order to perform chemical restraint for epidural technique without causing distress and injuries. . The animals were randomly anesthetized into a blind study with three treatments groups. For each cat the prodedures occurred with intervals of one week amongst them. The groups were: Control Group (CG) with saline solution 0.9% in volume of 0.4 mL.Kg-1; Levobupivacaine Group (LG) 0.5% witch used a dose of 2 mg.Kg-1 in total of 0.4 mL.Kg-1; Ropivacaine Group(RG) at a dose of 2 mg.Kg-1diluted in saline with a final volume of 0.4 mL.Kg-1. After the epidural infusion of either solution nociceptive stimuli was initiated by clamping in three pre-defined locations: Base of tail, lateral right and left thighs and webbed feet of both legs at the times 5, 10, 15, 20, 30 minutes, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8 and 9 hours. The degree of analgesia was determined with the aid of three scales for pain assessment and a Visual Analogue Scale (VAS) and two Simple Descriptive Scales (SDS). In addition to noxious stimuli was also evaluated and the patellar reflex and heart and respiratory rates were measured after the clampings. For quantitative variables we used analysis of variance test (ANOVA). For qualitative variables we used the Kruskal-Wallis test. There was no statistically significant difference (p> 0.05) for the variables heart rate and breathing. For the pain assessment scales significant difference (p< 0,05) occurred between drugs after 60 minutes. For the patellar reflex significant difference occurred after 30 minutes. Levobupivacaine was more effective than Ropivacaine for epidural anesthesia because it showed the best degree of analgesia with greater duration of effect and longer motor blockade.
Keywords: levobupivacaína
ropivacaína
anestesia epidural em gatos
Levobupivacaine
ropivacaine
epidural anesthesia in cats
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências Agrárias
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Veterinária
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Medicina Veterinária (Patologia e Ciências Clínicas)
Citation: Souza, Mariana do Desterro Inácio e. ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE A UTILIZAÇÃO DE LEVOBUPIVACAÍNA E DE ROPIVACAÍNA NA ANESTESIA EPIDURAL NO ESPAÇO LOMBOSSACRO EM GATOS (Felis catus domesticus – Linnaeus 1758).. 2011. [57 f.]. Dissertação( Programa de Pós-Graduação em Medicina Veterinária (Patologia e Ciências Clínicas)) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, [Seropédica - Rio de Janeiro] .
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2696
Issue Date: 31-May-2011
Appears in Collections:MESTRADO EM MEDICINA VETERINÁRIA (PATOLOGIA E CIÊNCIAS CLÍNICAS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011 - Mariana do Desterro Inácio e Souza.pdf2011 - Mariana do Desterro Inácio e Souza1.76 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.