???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2560
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Território e currículo: a construção do conhecimento na licenciatura em educação do campo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará - IFPA
Other Titles: Curriculum and territory: a knowledge construction in field education graduation at Federal Institute of Education, Science and Technology of Pará - IFPA
???metadata.dc.creator???: RIBEIRO, Márcia Adriana de Faria 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Otranto, Célia Regina
???metadata.dc.contributor.referee1???: Otranto, Célia Regina
???metadata.dc.contributor.referee2???: Santos, Ramofly Bicalho dos
???metadata.dc.contributor.referee3???: Molina, Mônica Castagna
???metadata.dc.description.resumo???: Este texto nasce do contato com as ações, pesquisas e discussões com sujeitos que fazem da educação do campo um grande desafio, em momentos como a participação nas aulas do curso de Licenciatura em Educação do Campo na cidade de Gurupá-PA, às margens do Rio Amazonas só é possivel chegar de barco ou de avião. Em outros momentos essas ações são vistas como um dever cívico de incluir pessoas que vivem nos campos brasileiros, alijadas das oportunidades de ingresso na educação superior. Nasce, portanto, da certeza da importância de se estudar educação do campo e de lutar pela sua consolidação. Este estudo apresenta análises sobre o uso do termo território no curso de Licenciatura em Educação do Campo ofertado pelo IFPA. Indaga de que forma os egressos do curso, sujeitos desse currículo, se apoderam dos conhecimentos e se reconhecem como seres críticos, estabelecendo a relação entre os conhecimentos adquiridos e suas práxis, enquanto professores no cotidiano da uma escola localizada na área rural brasileira. O trabalho de investigação se constituiu do resgate analítico da produção teórica existente acerca da licenciatura em Educação do Campo, e para atingir nosso objetivo, assumimos uma postura solta de amarras, de predefinições, para todos os acontecimentos e manifestações que surgissem no decorrer da investigação acerca da temática proposta.Destaco ainda a aprendizagem adquirida nas reflexões desenvolvidas em diversos eventos dos quais tive oportunidade de participar, para apresentar e discutir os movimentos da educação do campo no cenário brasileiro. A pesquisa se embasou, inicialmente, na análise documental de fontes primárias e secundárias. Como fontes primárias, estudamos a legislação sobre educação do campo, como fontes secundárias, foi feito um levantamento bibliográfico em relação à concepção histórica da Licenciatura em Educação do Campo. Em seguida, foi realizada uma pesquisa de campo com alunos egressos da turma PROCAMPO do ano de 2009, do Campus Altamira, pertencente ao Instituto Federal do Pará, campus este localizado na região sudoeste do estado do Pará, às margens do rio Xingu, onde foi construída a Hidrelétrica de Belo Monte. Tomando por base as respostas obtidas durante a pesquisa de campo tivemos a oportunidade de constatar que a maior parte dos egressos se apropriou do termo território, como um espaço de lutas e resistência. Observamos a incorporação da terminologia vinculada ao conceito, nas aulas ministradas pelos professores do curso e sua utilização na realidade do docente da escola do campo egresso deste curso. Foi possível constatar a associação do termo com a realidade, na abordagem utilizada no cotidiano escolar que estabeleceu a relação entre território e identidade dos sujeitos do campo que nele vivem. No decorrer das análises legais dos cursos de licenciatura, nos deparamos com a Resolução CNE/CP nº 2/2015 (BRASIL, 2015) que traça novas diretrizes para esses cursos a serem incorporadas até julho de 2017. Decidimos, então, apresentar, na parte final desta dissertação, uma proposta para facilitar a incorporação das mudanças no curso em análise, sugerindo os itens que devem ser alterados e/ou incluídos no Projeto Pedagógico do Curso.
Abstract: This text emerges from the contact with the actions, research and discussions with subjects who make field education a big challenging, at times like the participation in class of degree in the Education Field in the town of Gurupá-PA, on the banks of the Amazon River where the only possible way to reach it is by boat or by plane. At other times, these actions been seen as a civic duty to include people living in Brazilian fields, remain outside of the opportunities to entry into higher education. Thus is born of the certainty of the importance of studying field education to fight for its consolidation. This study presents analysis of the use of the term territory in the course of degree in the Education Field offered by the IFPA. Discussion on how the graduates of the course, subject of this curriculum, take over knowledge and recognize themselves as critical beings, establishing the relationship between the knowledge gained and its Praxis, while teachers in a daily basis of a school located in rural Brazilian area. The research was constituted of a theoretical analytical rescue of the existing production about degree in the Education field, and to achieve our goal, we took a loose stance, of presets, for all events and demonstrations that might arise through the research on the theme proposed. I still highligth the learning gained in the reflections developed in diverse events of which I had the opportunity to participate, to present and discuss the education movements of the field in the Brazilian scenario. In the beginning, the research based on documentary analysis of primary and secondary sources. As primary source, we studied the legislation on the education field, as secondary source; a bibliographic survey made on the historical design of degree in the Education field. Then, a field research with graduate students from the class of 2009 year, PROCAMPO Campus Altamira, in the Federal Institute of Pará, which campus is located in the southwest region of the State of Pará, on the banks of the Xingu River, where was built Belo Monte hydroelectric plant. Based on the responses obtained during the field research we had the opportunity to observe that most graduates appropriated the term territory, as a space of struggle and resistance. We observe the incorporation of terminology related to concept and lessons taught by the teachers of the course and its use in the reality of the field school graduate of this course. It was possible to see the Association of the term with reality, in the approach used in the daily school establishing the relationship between territory and identity of field living on it. During law analyses of the degree courses, we found the resolution CNE/CP No. 2 2015 (BRASIL, 2015) which outlines new guidelines for these courses to be incorporated until July 2017. We decided, then, to present, at the end of this dissertation, a proposal to facilitate the incorporation of changes in the course in analysis, suggesting the items that must be changed and/or included in the pedagogic project of the course.
Keywords: educação do campo
território
currículo
curso de licenciatura
IFPA
field education
curriculum
territory
graduation in field education at IFPA
???metadata.dc.subject.cnpq???: Educação
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Agronomia
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Educação Agrícola
Citation: RIBEIRO, Márcia Adriana de Faria. Território e currículo: a construção do conhecimento na licenciatura em educação do campo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará - IFPA. 2017.149 f. Dissertação (Mestrado em Educação Agrícola). Instituto de Agronomia, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ. 2017.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2560
Issue Date: 2-May-2017
Appears in Collections:MESTRADO EM EDUCAÇÃO AGRÍCOLA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017 - Marcia Adriana de Faria Ribeiro.pdfDocumento principal1.27 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.