???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2359
???metadata.dc.type???: Tese
Title: Efeito do período de estocagem, tempo de incubação e da temperatura de secagem na avaliação de parâmetros químicos e biológicos e na disponibilidade de metais de lodo de esgoto.
Other Titles: Effect of storage period, incubation time and temperature drying in the evaluation of parameters and chemical and biological availability of metals in sewage sludge.
???metadata.dc.creator???: Lã, Otavio Raymundo 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Mazur, Nelson
First advisor-co: Amaral Sobrinho, Nelson Moura Brasil do
Second Advisor-co: Barra, Cristina Maria
???metadata.dc.contributor.referee1???: Pereira, Marcos Gervásio
???metadata.dc.contributor.referee2???: Santelli, Ricardo Erthal
???metadata.dc.contributor.referee3???: Soares, Fabiana dos Santos
???metadata.dc.contributor.referee4???: Campos, David Vilas boas de
???metadata.dc.description.resumo???: A utilização agrícola de lodos de esgoto tem se tornado, cada vez mais, uma prática adotada pelas companhias de saneamento, para resolver, em parte, o problema da disposição final do resíduo. Como o lodo para ser utilizado geralmente necessita estar seco, e que o processo de secagem pode alterar a distribuição de metais, o objetivo geral deste trabalho foi avaliar o efeito da temperatura de secagem e do tempo de estocagem em parâmetros químicos e na disponibilidade e distribuição de metais. Os objetivos específicos foram: (i) estudar em como a temperatura de secagem (ao ar, 40°C e 65°C) do lodo, associada ao tempo de estocagem (zero – fresco, e um ano), influencia na disponibilidade de metais e quais as possíveis alterações químicas provocadas no lodo; (ii) avaliar em como os elevados teores de ferro presentes e a atividade microbiana afetam a disponibilidade de metais no lodo estudado em função da variação da temperatura de secagem e (iii) caracterizar a fração orgânica solúvel lixiviada por espectrometria de absorção no infravermelho, nas amostras de lodo secas em diferentes temperaturas e estocadas por um ano. O lodo fresco e estocado por um ano, após secagem em estufa com circulação forçada de ar, foi moído e submetido às análises químicas. Na avaliação da disponibilidade e distribuição de metais foi utilizado o método de extração seqüencial do BCR. A secagem do lodo ao ar favoreceu o aumento da disponibilidade de metais, porém, em temperaturas maiores esta diminuiu devido à ligação dos metais com compostos mais estáveis. A redução de carbono orgânico total devido à volatilização e biodegradação foi favorecida pelo aumento de temperatura. A diminuição nos teores de ferro e zinco com o aumento do tempo e da temperatura de secagem a peso constante e o pH próximo da neutralidade favorecem a readsorção e/ou precipitação de metais para formas menos lábeis. O lodo de esgoto úmido, estocado em condições refrigeradas (4ºC), foi submetido aos diferentes tempos e temperaturas de secagem na estufa e, após ser re-umedecido e incubado (28 ± 1ºC) por zero, um e três dias. Para avaliação da atividade microbiana e disponibilidade de metais foi utilizado o método de fumigação extração e o extrator Mehlich 3, respectivamente. O aumento dos teores de carbono orgânico solúvel e ferro foi diretamente relacionado ao aumento do tempo de incubação e temperatura de secagem. Para a lixiviação, as amostras de lodos secas foram empacotadas em colunas de PVC de 50 mm e relacionados à massa do lodo úmido, em base seca. O aumento na temperatura de secagem do lodo causou o aumento no teor de carbono orgânico dissolvido no extrato lixiviado, não havendo, porém, aumento correspondente no teor de metais nesse extrato.
Abstract: Agricultural use of sewage sludge has become, increasingly, a practice adopted by sanitation companies to solve partly the problem of final disposal of waste. As the sludge to be used generally need to be dry and that the drying process can alter the distribution of metals, the general aim of this study was to evaluate the effect of drying temperature and storage time on chemical parameters and the metal availability and distribution. The specific objectives were: (i) to study how the drying temperature (air, 40°C and 65°C) sludge, associated with the storage time (zero-fresh, and one year), influenced the availability of metals and the possible chemical changes induced in the sludge, (ii) to evaluate how the high content of iron present and the microbial activity affect the availability of metals in the sludge studied, as a function of temperature of drying, and (iii) to characterize the soluble organic fraction leached by infrared absorption spectrometry in samples of dried sludge at different temperatures and stored for one year. Fresh and stored for one year sludge were dried with forced air circulation, grounded and chemical analyzed. The BCR sequential extraction was applied to assess the availability and distribution of metals. The drying of sewage sludge in the air encouraged increasing availability of metals, however, where temperature increased it diminished due to binding of metals with more stable compounds. The reduction of total organic carbon due to volatilization and biodegradation was favored by increased temperature. The decrease in the levels of iron and zinc, with increasing time and temperature drying to constant weight and pH close to neutral, favored readsorption and/or precipitation of metals to less labile forms. The wet sewage sludge, stored in refrigerated conditions (4°C), was subjected to different times and drying temperatures in the greenhouse and, after being re-moistened been and incubated (28 ± 1ºC) for zero, one and three days. The methods of fumigation extraction and Mehlich3 were used to assess the microbial activity and availability of metals, respectively. Increased levels of soluble organic carbon and iron were directly related to the increase of incubation time and temperature drying. For leaching, the dried sludge’s were packed in PVC columns of 50 mm and related to the mass of wet sludge, on a dry basis. The increase in drying temperature of the sludge increased the organic carbon dissolved in the leachate extract, without, however, a corresponding increase in metal content in this extract.
Keywords: Resíduos orgânicos – Reaproveitamento
Lodo residual
Metais
Extração (Química)
Organic waste - Reuse
Residual sludge
Metals
Extraction (Chemistry)
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências Agrárias
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Agronomia
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Agronomia e Ciência do Solo
Citation: Lã, Otavio Raymundo. Efeito do período de estocagem, tempo de incubação e da temperatura de secagem na avaliação de parâmetros químicos e biológicos e na disponibilidade de metais de lodo de esgoto.. 2010. [113 f.]. Tese( Programa de Pós-Graduação em Agronomia e Ciência do Solo) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, [Seropédica - Rio de Janeiro] .
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2359
Issue Date: 26-Feb-2010
Appears in Collections:DOUTORADO EM AGRONOMIA - CIÊNCIA DO SOLO

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010 - Otavio Raymundo Lã.pdfOtavio Raymundo Lã571.57 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.