???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2098
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Caracterização química e estrutural de ácidos húmicos em solos de três sistemas de manejo
Other Titles: Chemical and structural characterization of humic acids in soils of three management systems
???metadata.dc.creator???: GOMES, Ernane Tarcisio Martins 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Berbara, Ricardo Luiz Louro
First advisor-co: García, Andrés Calderín
???metadata.dc.contributor.referee1???: García, Andrés Calderín
???metadata.dc.contributor.referee2???: Pereira, Marcos Gervasio
???metadata.dc.contributor.referee3???: Araújo, Ednaldo da Silva
???metadata.dc.description.resumo???: A matéria orgânica do solo pode ser oriunda da decomposição de animais ou vegetais. A maioria das culturas comerciais apresentam mecanismos fotossintéticos C3 ou C4, que fixam diferentes isótopos de carbono C12 ou C13. Através de análises isotópicas é possível determinar a origem e predominância do tipo de carbono que compõem a matéria orgânica do solo (MOS) em determinada área. Em função do fracionamento químico a MOS ainda pode ser dividida nas frações FAF, FAH e FHU, estas frações apresentam características especificas em função da sua origem de formação e condições ambientes. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da origem vegetal C3 ou C4 na formação da estrutura química e molecular das substancias húmicas extraídas de quatro áreas com cobertura diferentes vegetais, porém submetidas ao manejo agroecológico. Para averiguar esta influência foram extraídas as substancias húmicas (SH) destes solos, sendo realizado o fracionamento químico e caracterização química através de análises de RMN, FTIR, quantificação de isótopos 13C e15N na fração de AH, 13C-CP/MAS NMR e a determinação elementar. A partir dos resultados obtidos a partir dessas análises foi possível concluir que a origem vegetal não influencia em diferenças qualitativas e sim em quantitativas entre os componentes químicos das substancias húmicas (SH), o tipo de ciclo fotossintético não parece ser um fator determinante na formação e incorporação dos tipos de estruturas nos AH, mas sim nas quantidades destas estruturas e na sua distribuição organizacional húmica. As análises teóricas quimiométricas indicam que a incorporação e preservação de MO humificada nestes solos pode ser possível em sistemas de manejo intensivo como a rotação, mediante aplicações de fontes exógenas de SH estabilizada, assim como também o favorecimento dos processos de humificação em sistemas menos manejados como pastagem e SAF. Neste estudo foi comprovado mediante caraterização e quimiometria aplicadas aos AH de um sistema agroecológico, o estado atual da MOS em termos de estabilidade e enriquecimento estrutural e sendo propostas possíveis vias para a recuperação e preservação das SH em solos minerais que possam contribuir ao aumento das condições de fertilidade e consequentemente da produção agrícola.
Abstract: Soil organic matter can be derived from the decomposition of animal or vegetable. Most commercial crops show photosynthetic mechanisms C3 and C4, which set different carbon isotopes C12 or C13. Through isotopic analysis can determine the origin and prevalence of type of carbon that make up the soil organic matter (SOM) in a given area. Depending on the chemical fractionation MOS can also be divided into fractions FAF, FAH and FHU, these fractions have specific characteristics depending on their origin training and ambient conditions. The objective of this study was to evaluate the influence of plant origin C3 or C4 in the formation of the chemical and molecular structure of humic substances extracted from four areas with different vegetation cover, but submitted to agroecological management. To investigate this influence were extracted humic substances (HS) of these soils, being held chemical fractionation and chemical characterization by NMR analysis, FTIR, quantification and 13C e 15N isotopes in the AH fraction, 13 C-CP / MAS NMR and elemental determination. From the results obtained from these analyzes it was concluded that the plant does not influence qualitative differences, but in quantitative between the chemical components of humic substances (HS), the type of photosynthetic cycle does not seem to be a determining factor in the formation and incorporation of the types of structures in HA, but rather the quantities of these structures and their humic organizational distribution. The chemometric theoretical analyzes indicate that the development and preservation of humic these soils may be possible in intensive management systems such as rotation upon application of exogenous sources of stabilized SH, as well as favoring the humidification process in less managed systems as pasture and SAF. In this study it was demonstrated by characterization and chemometrics applied to AH of an agro-ecological system, the current state of MOS in terms of stability and structural enrichment and being proposed possible avenues for recovery and preservation of SH in mineral soils that may contribute to the increase in conditions fertility and thus agricultural production.
Keywords: agro-ecological management
Humic Fractions
isotopic characterization
chemometrics
Manejo agroecológico
Frações Húmicas
Caracterização isotópica
Quimiometria
???metadata.dc.subject.cnpq???: Agronomia
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Agronomia
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Agronomia - Ciência do Solo
Citation: GOMES, Ernane. Caracterização química e estrutural de ácidos húmicos em solos de três sistemas de manejo. 2016. 33 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia - Ciência do Solo). Instituto de Agronomia, Departamento de Solos, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, 2016.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/2098
Issue Date: 17-Aug-2016
Appears in Collections:MESTRADO EM AGRONOMIA - CIÊNCIA DO SOLO

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016 - Ernane Tarcisio Martins Gomes.pdfDocumento principal1.54 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.