???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/1871
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Avaliação de propriedades químicas e físicas da goma de cajueiro processada por extrusão termoplástica
Other Titles: Cashew gum (Anacardium occidentale): evaluation of physical and chemical modifications by extrusion
???metadata.dc.creator???: ANDRADE, Kelita Carlos Silva 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Carvalho, Carlos Wanderlei Piler de
First advisor-co: Takeiti, Cristina Yoshie
???metadata.dc.contributor.referee1???: Carvalho, Carlos Wanderlei Piler de
???metadata.dc.contributor.referee2???: Ascheri, José Luis Ramirez
???metadata.dc.contributor.referee3???: Kurozawa, Louise Emy
???metadata.dc.contributor.referee4???: Tonon, Renata Valeriano
???metadata.dc.description.resumo???: Países tropicais, como o Brasil, são depositários de uma grande variedade de fontes de polissacarídeos vegetais conhecidos e outros ainda não explorados que possuem grande potencial em aplicações industriais, dentre os quais podemos citar a goma de cajueiro. Algumas pesquisas reportam a possibilidade do uso desta goma em vários setores em substituição à goma arábica devido à semelhança estrutural. Sendo assim, este estudo se propõe a aumentar o conhecimento técnico-científico sobre as propriedades tecnológicas da goma de cajueiro e compará-la à goma arábica para assegurar sua aplicação na indústria de alimentos, especificamente. Para tanto, neste estudo foram realizadas análises de caracterização da goma de cajueiro e arábica, antes e após o processo de extrusão. Foram realizados dois tratamentos: um perfil de baixa temperatura e cisalhamento e outro de alta temperatura e cisalhamento. Nos resultados de composição centesimal notou-se que a goma de cajueiro in natura apresentou menor teor de cinzas que a goma arábica comercial, indicando menor grau de impurezas. Além disso, as amostras de goma de cajueiro in natura e processadas destacaram-se pelo alto teor de fibra solúvel, cerca de 90%. Por outro lado, a goma de cajueiro apresentou menores teores de minerais que a goma arábica. No perfil de viscosidade foi observado que este parâmetro aumentou nas amostras de goma arábica processadas, enquanto, nas amostras processadas de goma de cajueiro houve redução. A análise de difração de raio-x confirmou a predominância de conformação amorfa das cadeias poliméricas de ambas amostras. Análises reológicas, por meio da curva de fluxo e viscosidade, permitiram a caracterização das amostras como fluidos pseudoplásticos, obedecendo ao modelo matemático de Ostwald de Waale. As amostras apresentaram redução na temperatura de transição vítrea após a extrusão. Por colorimetria foi observado que os parâmetros de cor entre a goma de cajueiro e a goma arábica foram diferentes ao nível de 5% de significância. A partir dos parâmetros avaliados e dos resultados obtidos, a goma de cajueiro poderia ser indicada como substituta da goma arábica. Entretanto, sugerem-se análises complementares.
Abstract: Tropical countries such, as Brazil, are the custodians of a great variety of sources of plant polysaccharides known and others not yet explored that have great potential in industrial applications among which we mention the cashew gum. Due to structural similarity between cashew gum and gum Arabic, some studies report the possibility of replacement of them. Thus, this study aims to increase the technical and scientific knowledge on the technological properties of cashew gum and compare it with gum arabic in order to ensure its application in the food industry. Hence, in this study the cashew gum and arabic gum were characterized before and after the extrusion process. Two treatments were do, one profile with low temperature and shear rate and other with high temperature and shear. The results of chemical composition demonstred that the fresh cashew gum had lower ash content than the trade gum arabic, indicating lower impurities. In addition, fresh cashew gum and processed cashew gum were highlighted by the high levels of soluble fiber. However, cashew gum had lower minerals's level that the gum arabic. In the viscosity profile, was observed that it was increased in the gum arabic processed samples, whereas in the cashew gum processed samples decreased. Analysis of x-ray diffraction confirmed the predominance of the amorphous chain of the two samples. Rheometry through the flow and viscosity curves allowed the characterization of the samples as pseudoplastic fluids, according to the mathematical model of Ostwald Waale. The samples showed a reduction in glass transition temperature after extrusion. By colorimetry, was observed that the color parameters of cashew gum and gum arabic were different at the 5% significance level. From the parameters and results evaluated, cashew gum could be indicated as a replacement for gum arabic. However, additional analysis are suggested.
Keywords: Cashew gum
gum Arabic
extrusion
Goma de cajueiro
goma arábica
extrusão
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciência e Tecnologia de Alimentos
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Tecnologia
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos
Citation: ANDRADE, Kelita Carlos Silva. Avaliação de propriedades químicas e físicas da goma de cajueiro processada por extrusão termoplástica. 2012. 60 f. Dissertação (Mestrado em Ciências e Tecnologia de Alimentos). Instituto de Tecnologia, Departamento de Tecnologia de Alimentos, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, 2012.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/1871
Issue Date: 4-May-2012
Appears in Collections:MESTRADO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012 - Kelita Carlos Silva Andrade.pdfDocumento principal1.61 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.