???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/1845
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Reabilitação psicossocial e o imaginário sobre o cuidado nos CAPS: uma pesquisa com profissionais de saúde mental
Other Titles: Psychosocial rehabilitation and the imaginary care in CAPS: a survey of mental health professionals
???metadata.dc.creator???: CARVALHO, Janine Lopes 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Miranda, Lilian
???metadata.dc.contributor.referee1???: Miranda, Lilian
???metadata.dc.contributor.referee2???: Magalhães, Fernanda Carnavêz de
???metadata.dc.contributor.referee3???: Sá, Marilene de Castilho
???metadata.dc.description.resumo???: No final da década de 70 deu-se o início do atual movimento pela reforma psiquiátrica brasileira. Neste período surgiram várias críticas à assistência psiquiátrica, tais como: ineficiência da atenção, fraude no sistema de financiamento e, principalmente, o abandono, os maus tratos e a violência a que eram submetidos os pacientes nos principais hospícios do país. Progressivamente, o modelo psiquiátrico manicomial foi sendo substituído pelo modelo da atenção psicossocial, no qual os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) assumiram a posição de organizadores da rede assistencial, assumindo o mandato de agenciar formas de cuidado singular, a serem desenvolvidos no território de vida das pessoas. Para trabalhar nos novos serviços de saúde mental uma importante noção é de Reabilitação Psicossocial, esta não é apenas uma necessidade técnica, é uma exigência ética que deve englobar a todos os trabalhadores e demais atores do processo de saúde doença, ou seja, usuários, suas famílias e, finalmente, a comunidade inteira. Inserida neste contexto, esta pesquisa tem por objetivo discutir como os profissionais de dois CAPS da microrregião de saúde de Manhuaçu/MG operacionalizam as práticas de reabilitação psicossocial nos respectivos serviços. Para tanto, adotaremos a pesquisa qualitativa, baseada no paradigma construtivista e na Hermenêutica Gadameriana. Foram observados os seguintes aspectos: articulação precária entre a rede inter e intra-setorial, a administração municipal funciona como um entrave para o trabalho em relação à compra de insumos e capacitação. Em relação à reabilitação psicossocial observamos que os profissionais associam o conceito de reabilitação psicossocial como retorno ao mercado de trabalho e que ainda persiste no imaginário dos profissionais o estigma do louco como incapaz.
Abstract: The late 70 was the beginning of the current movement of Brazilian psychiatric reform. In this period several criticisms of psychiatric care appeared, such as inefficiency of attention, fraud in the financing system and especially the abandonment, abuse and violence suffered by the patients in the main hospices in the country. Progressively, the asylum psychiatric model was being replaced by the model of psychosocial care, in which the Centers for Psychosocial Care (CAPS) have assumed the roles of organizers of the care network, searching forms of singular care, to be developed in the territory of people's lives. It is important the notion of Psychosocial Rehabilitation, in order to develop the work in the new mental health services, which is not just a technical necessity, it is an ethical requirement that should involve all workers and other people that are linked to the health disease process, such as the patients themselves, their families, and finally the entire community. In this context, this research aims to discuss how the psychosocial rehabilitation practice is done, in the services of the professionals of two CAPS of Manhuaçu / MG micro region. Therefore, it will be adopted a qualitative research, based on the constructivist paradigm and Hermeneutics Gadamerian. The observed aspects were: poor relation between inter and intra-sectoral network and the acts of municipal administration as a barrier to work concerning the purchase of inputs and training. In regard to psychosocial rehabilitation it was observed that professionals associate the concept of psychosocial rehabilitation to the return to the labor market and it still persists in the minds of professionals the mad stigma as being incapable.
Keywords: Psychiatric Reform
Psychosocial Care
Psychosocial Rehabilitation
Psychosocial Care Center
Reforma Psiquiátrica
Atenção Psicossocial
Reabilitação Psicossocial
Centro de Atenção Psicossocial
???metadata.dc.subject.cnpq???: Psicologia
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.initials???: UFRRJ
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Educação
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Citation: CARVALHO, Janine Lopes. Reabilitação psicossocial e o imaginário sobre o cuidado nos CAPS: uma pesquisa com profissionais de saúde mental. 2016. 121 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia). Instituto de Educação, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, 2016.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/1845
Issue Date: 30-Mar-2016
Appears in Collections:MESTRADO EM PSICOLOGIA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016 - Janine Lopes Carvalho.pdfDocumento principal1.08 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.